Imóveis

Lançamento oferta condomínio-clube em PG

Porto Belvedere oferece comodidade, lazer e segurança em condomínio localizado no Jardim Carvalho

Um local que alie moradia com lazer e área verde e diversas comodidades. Este é a concepção do Porto Belvedere, condomínio-clube que está sendo construído em Ponta Grossa, e que busca oferecer vários atrativos dentro de um único espaço.

O condomínio, empreendimento da Rottas Construtora e incorporadora, possui, além de casa com 2 e 3 quatros, atrativos como quadras poliesportiva, quiosques com churrasqueiras, playgrounds, espaço zen, sistema de compartilhamento de bicicletas (bike share), academia ao ar livre, espaço gourmet, salão de festas, brinquedoteca, sala de jogos, redário e pomar, entre outros espaços.

De acordo com Paulo Rafael Folador, diretor de corporação da Rottas, o condomínio-clube tem como principal objetivo aliar moradia e lazer, além de ofertar segurança. “Hoje em dia é extremamente importante e as pessoas procuram opções que ofertem este tipo de benefício. Além de todos atrativos, o condomínio ainda dispões de uma área verde de 50 mil metros quadrados e um bela vista para contemplação”, argumenta.

O Porto Belvedere dispõe de 454 casas, que variam de 50 a 57 metros quadrados, com dois ou três quartos, em lotes de 130 metros quadrados. O condomínio-clube está localizado na região do Jardim Carvalho, na avenida Antonio Saad, 1400.

As obras no local já tiveram início, e a previsão de entrega do empreendimento é para o segundo semestre de 2020. O financiamento pode ser feito pelo Minha Casa Minha Vida, e um dos principais públicos-alvo do condomínio são famílias.

“É o terceiro empreendimento da Rottas em Ponta Grossa, que já teve os condomínios Porto Sabiá e Porto Olívia, e que já possuem o reconhecimento de um produto de qualidade”, comenta Folador.  

Consultas podem ser feitas no local do empreendimento, onde há um plantão de vendas, ou pelo site da Rottas (rottasconstrutora.com.br). “A procura tem sido extremamente grande já nos primeiros dias, mesmo em um curto prazo. Quem tem interesse que vá ao local e se surpreenda”, recomenda o diretor da construtora.