Cidades

Licitação para rotatória da rodoviária resulta deserta

(Foto: Arquivo DC)

A Prefeitura de Ponta Grossa deverá refazer o edital que prevê a construção de rotatória e retorno nas imediações da rodoviária. Com investimento máximo previsto de R$ 832,5 mil, a obra deve oferecer maior segurança e fluidez no tráfego, especialmente na avenida Visconde de Taunay e avenida João Manoel dos Santos Ribas, no trecho que fica entre a rodoviária e a sede do Crea-PR. O ponto de partida foi um projeto apresentado ainda em 2015, que recebeu adequações e teve o edital de licitação publicado no mês passado.

O problema é que a licitação, aberta na terça-feira (4) resultou deserta. Ou seja, não houve empresa interessada em participar do processo. Com isso, é provável que a AMTT realize nova alteração no projeto original, com o objetivo de modificar características técnicas ou reduzir custos. As regiões da Ronda, Santa Paula, Nova Rússia e Centro, que seriam mais beneficiadas, terão que esperar mais um pouco para ver o projeto sair do papel.