Economia

Lojistas preparam ações para o Dia do Consumidor

A data marca a primeira manifestação em defesa dos direitos dos consumidores em 1962 (Foto: José Aldinan)

Os lojistas de Ponta Grossa prepararam ações para comemorar hoje (15) o Dia Mundial do Consumidor. Cada loja irá realizar uma ação especial para os clientes, que vão desde descontos em produtos e até oferecendo algum tipo de serviço adicional para o consumidor.

A data marca a primeira manifestação em defesa dos direitos dos consumidores em 1962 nos Estados Unidos. No Brasil, as ações foram reforçadas com o surgimento do Código de Defesa do Consumidor, em 1991, com direitos e deveres dos consumidores.

De acordo com a diretoria do Sindicato do Comércio Varejista de Ponta Grossa (Sindilojas), todos os anos o sindicato incentiva os lojistas a realizarem ações para os clientes, além disso, também mostram para as empresas as opções de feiras da cidade para que os lojistas atinjam um número maior de consumidores.

Em Ponta Grossa, as Lojas MM já estão com ações voltadas para os consumidores durante toda a semana. “Estamos fazendo vendas promocionais com descontos extras em todas as lojas e acionando nossa base de clientes diamantes com ofertas exclusivas”, contou o vice-presidente do Grupo MM, Márcio Pauliki. Nas farmácias Panvel as ações também já estão ocorrendo há alguns dias e a procura pelos descontos nos produtos tem sido grande, como conta a gerente Carine Camargo. “Os clientes se sentem prestigiados com descontos especiais e com atendimento de qualidade, então procuramos sempre oferecer ações como essa para valorizar os consumidores”, revela.

O supermercado Muffato preparou descontos exclusivos para a loja online, os setores do bazar, smartphones, pneus e eletrodomésticos estão com vários produtos em promoção, além de oferecer frete grátis para o Paraná e São Paulo. O supermercado Tozetto também irá fazer promoções em vários setores das lojas para prestigiar os clientes no Dia do Consumidor.

Direitos

O Código de Defesa do Consumidor regula todos os direitos e deveres dos consumidores e o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) fiscaliza se a lei está sendo cumprida por parte das empresas e dos clientes.

De acordo com a pesquisa da Boa Vista, 67% dos consumidores sempre ou na maioria das vezes reclamam quando encontram problemas relacionados a alguma compra. Em 2018, 61% tinham essa iniciativa e em 2017, 57%.