Find!

Moda consciente: é possível se vestir bem gastando pouco?

Dicas para você economizar na hora de comprar roupas e ainda assim se vestir com estilo.

Tem gente que acha que só é possível se vestir bem gastando muito dinheiro. Mas isso não é verdade. Apesar da moda, por muito tempo, ter sido associada ao luxo, hoje em dia é mais fácil de perceber que a moda quem faz é quem está vestindo. Estilo não tem a ver com o quanto você gasta em peças de roupa, mas sim com a forma que você consegue encontrar roupas que você se identifique e expressem o que você quer passar. E para isso, tem várias alternativas de como economizar e gastar pouco, sem deixar de se vestir bem.

Listamos algumas dicas para mostrar que tem sim como se vestir bem gastando pouco:

 

Peças atemporais

Investir em peças atemporais, que podem ser usadas em diversas ocasiões e em várias estações diferentes do ano, é uma boa alternativa. Tenha no seu armário roupas que você pode usar com vários looks diferentes. Quando for comprar, não se deixe levar apenas pelas tendências da estação, pois algumas peças você só consegue usar durante aquele período e depois você não usa mais. Só invista nessas peças se as tendências do momento realmente tiverem a ver com você em outros períodos também e que você possa usar bastante.

 

Pesquise antes de comprar

Crédito: Maria Tormos

Sabe quando você está procurando por uma peça específica? Por exemplo, você precisa de uma bota quentinha para o inverno, está procurando por um tênis para fazer exercícios ou um terninho para o trabalho. Quando você já sabe o que está buscando, a dica é pesquisar bastante antes de comprar, vá às lojas e compare os preços, visite sites e veja qual marca te traz o melhor custo benefício.

Lembrando que você não se deve deixar levar apenas pelo preço, pois às vezes a peça com valor menor tem a qualidade menor também, por isso é tão importante a pesquisa, você analisa além do valor, a qualidade e durabilidade que aquele item terá. Não compre correndo, sempre faça essa pesquisa antes, que você não vai se arrepender. Muitas vezes você se surpreende, pois o mesmo produto da mesma marca pode ter preços bem diferentes dependendo da loja.

 

Usar a mesma peça de várias formas diferentes

Arquivo Pessoal

Explore as opções que você já tem no guarda-roupa. Suas saias e vestidos podem ser usados com meia-calça no inverno, por exemplo. Usando a criatividade, uma saia pode virar top ou blusinha, um vestido por dentro da calça torna-se uma blusa, um look pode mudar completamente com uma sobreposição. Então não tenha medo de ousar e usar as suas roupas de formas diferentes.

Tire um dia para experimentar em casa as peças que você tem, você vai descobrir maneiras incríveis de usar que você ainda não tinha pensado. Procure inspirações no Instagram, no Pinterest e aventure-se.

 

Empreste roupas

Uma forma de aumentar a possibilidade de looks para você usar no dia a dia é você emprestar roupas das amigas (os), mãe, pai, irmãos. E você também pode emprestar para as outras pessoas. Tem gente que tem ciúmes, mas emprestar é uma ótima forma de você ampliar suas possibilidades de composições e também de experimentar peças que você nunca pensou em comprar, mas testa experimentando de alguém.


Autoconhecimento

Quanto mais você se conhece, mais você deixa de gastar com roupas que não têm a ver com você. Pois quando você conhece o seu estilo, você já compra peças que sabe que vai usar, que combinam com outras peças que você já tem e que são a sua cara. Então invista no autoconhecimento, busque aprender quais são as peças que fazem com que você se sinta bem, quais cores você gosta mais, quais são os modelos de roupas que combinam mais com seu estilo. Assim, com certeza, você só vai gastar o seu dinheiro com peças que valem a pena.

 

Comprar roupas de segunda mão

Outra forma ótima de economizar é comprar roupas de segunda mão. Você pode ir a brechós e bazares e comprar roupas usadas. Nesses lugares, as roupas, por serem usadas, têm um valor mais barato, e você ainda encontra peças únicas e exclusivas, que não encontra em lojas convencionais. Vale também procurar em grupos de desapegos nas redes sociais, sites de vendas de roupas usadas e até fazer um bazar com as amigas, por que não?

 

 

Brechó no Boteco é alternativa para consumir de forma consciente

Crédito: Kally Ágatha

Neste sábado (15), ocorre o Brechó no Boteco, evento promovido pelo Desavesso, no Boteco da Estação. O evento oferece oportunidades de compra de roupas de desapego, de segunda mão, garimpadas pelas jornalistas e youtubers Nicoly França e Maria Fernanda Teixeira. O evento conta também com a participação de um brechó e produtores locais. O objetivo do Brechó no Boteco é incentivar a economia local e um consumo mais consciente, por isso foram convidados pequenos empresários da cidade para vender e expor seus produtos.

Os participantes são: brechó Henry June, com roupas vintage de segunda mão, Mink Cosméticos, com cosméticos naturais e veganos, Minimize, com acessórios artesanais e 0% origem animal, editora Monstro dos Mares, com livros e fanzines feministas e Temini Tranças, com penteados afro. O evento também conta com a presença da Lojinha Lifestyle, que fica anexa ao Boteco da Estação e música com o Dj Nan. Uma novidade para esta edição do evento é a feira de troca de livros, promovida pela Pássaro Liberto. Quem quiser, pode levar livros para trocar no local.

 

SERVIÇO:

Brechó no Boteco

Data: 15/06/2019

Horário: das 14h às 19h

Local: Boteco da Estação - Rua Ermelino de Leão, 1565. Ponta Grossa

Produção: Desavesso

Entrada gratuita

 

 

Mafer Teixeira e Nicoly França são jornalistas e youtubers apaixonadas por moda. Com experiência em gestão de mídias sociais e assessoria de imprensa, elas transformaram a paixão pela moda em profissão. Há dois anos e meio, criaram o Desavesso, focado em produção de conteúdo e eventos de incentivo à moda consciente e sustentável. Já realizaram eventos pelo Paraná e em São Paulo e seguem espalhando temas como estilo próprio, consumo consciente, sustentabilidade, autoestima e autoconhecimento. As duas cursam MBA na USP/Esalq para aprimorar os conhecimentos em marketing digital e gestão de negócios. (Foto: Maria Tormos)