Cidades

Morre Epaminondas de Barros, fundador da Guarda Mirim em Ponta Grossa

Epaminondas Xavier de Barros, 92 anos, faleceu na manhã de sexta-feira (22) em Ponta Grossa. Ele foi o fundador da Escola de Guardas Mirins Tenente Antônio João, primeiro departamento do Instituto Educacional Duque de Caxias, que leva lições de aprendizado, desenvolvimento e cidadania para diversas crianças carentes de Ponta Grossa há mais de 50 anos.
(Foto: Arquivo DC)

Epaminondas Xavier de Barros, 92 anos, faleceu na manhã de sexta-feira (22) em Ponta Grossa. Ele foi o fundador da Escola de Guardas Mirins Tenente Antônio João, primeiro departamento do Instituto Educacional Duque de Caxias, que leva lições de aprendizado, desenvolvimento e cidadania para diversas crianças carentes de Ponta Grossa há mais de 50 anos.

De acordo com a diretora administrativa do Instituto Duque de Caxias, Epaminondas estava internado no Hospital Geral Unimed para tratar de uma pneumonia. "Mesmo bastante fraco, ele não deixou de vir na escola. No último dia 15, ele completou 92 anos e participou de uma festa surpresa que as crianças organizaram para ele", lembra.

Graças ao trabalho do 'Tio Barros', como era chamado, a Guarda Mirim ofereceu oportunidades para crianças, dos cinco aos 17 anos, em contraturno escolar.

Em entrevista ao Jornal Diário dos Campos, no ano de 2017, Epaminondas destacou que a solidariedade em ajudar crianças e suas famílias é para promover a ação humana e social. "Eu não faço este trabalho sozinho. Conto com uma equipe enorme que sempre me auxilia. Lembro que de quando tudo começou, quando tirei 15 meninos da cadeia em 1965 com a ajuda dos meus irmãos da maçonaria. Hoje temos quase 600 crianças. É algo que passa de pai para filho, de avô para neto", disse na época.

"O desejo é estarmos atentos a diminuir cada vez mais a miséria em nossa cidade. O nosso objetivo, através da solidariedade, é promover à criança e ao adolescente, cursos de aprendizagem para a promoção social, fazendo com que eles se integrem socialmente e saiam das ruas", destacou.

O velório está previsto para acontecer na Guarda Mirim, a partir das 15 horas desta sexta-feira, e o enterro previsto para a manhã deste sábado, às 10h30, no cemitério Jardim Paraíso.