Cidades

Motoristas criticam nova velocidade em via de PG

Eder acha que a sinalização pode ser melhorada (Foto: Fábio Matavelli)

Os condutores que trafegam pela rua Dr. Paula Xavier, uma das principais via de ligação entre a região de Oficinas e o Centro de Ponta Grossa, não estão totalmente satisfeitos com as mudanças feitas pela AMTT na semana passada. A Autarquia realizou a a redução da velocidade máxima de 60 Km/h para 40 Km/h. Mas muitos motoristas reclamam que a sinalização é insuficiente, e questionam a necessidade da alteração e, no meio das discussões, está um radar.

Marina Tolentino Marinho, que passa pelo trajeto pelo menos três vezes por semana, nem tinha notado a alteração. “Vim trazer minha cadelinha no veterinário, mas passo aqui sempre pra ir à academia. Não tinha visto que havia mudado a velocidade”, disse.

Eder Tarashuk, que também passa pelo local com frequência, percebeu as novas placas, instaladas na última semana, mas acha que é preciso ainda mais. “Tem os dois lados. Sei que muita gente passava ‘chutado’ mesmo. Corria demais. É bom porque reduz a velocidade. Mas não sei se isso era necessário em toda a via, que é de ligação entre bairro e centro. O pessoal reduz a velocidade em cima do radar e pode causar acidente”, opina Eder, que acredita que a pintura da velocidade no asfalto poderia colaborar.

 

Segurança

Já Wilson Moreira, que trabalha em empresa instalada na via, aprovou a iniciativa. “Aqui nessa região tem muita entrada e saída de veículos. Tem lojas e moradias. Acredito que 40 Km/h é uma velocidade interessante, mas o pessoal deve estar sendo multado direto, por não estarem acostumados com a nova velocidade”, diz. A AMTT argumenta que foram realizados estudos apontando a necessidade da mudança. A substituição das placas foi concluída ainda na última semana.