Esportes

Neymar está desconvocado da seleção brasileira

Após sentir dores durante o amistoso contra o Catar, atacante teve lesão confirmada em exame de imagem. Não haveria tempo hábil de retorno durante a competição

Após sofrer uma entorse no tornozelo direito durante o jogo da última quarta-feira (05), contra o Catar, Neymar foi avaliado e submetido a exames complementares de imagem que confirmaram a ruptura ligamentar no tornozelo.

Devido a gravidade da lesão, Neymar não terá condições físicas e tempo de recuperação suficiente para participar da Copa América Brasil 2019.

A partir desta quinta-feira (06), a comissão técnica da seleção brasileira iniciará a definição de um substituto.

BOLSONARO VISITA NEYMAR

Já no hospital, Neymar recebeu a visita do presidente da República, Jair Bolsonaro. A comitiva presidencial foi ao encontro do jogador logo após o término da partida. Neymar posou para uma foto de pé e sorrindo, ao lado de Bolsonaro.

"Desejo uma boa e rápida recuperação", escreveu no Twitter o presidente, que havia declarado "acreditar" na versão do jogador sobre a acusação de estupro investigada pela polícia. Bolsonaro pretendia se encontrar com o atacante antes da partida, mas não conseguiu.

A seleção brasileira tem programação para deixar Brasília na tarde desta quinta-feira, com destino a Porto Alegre, onde enfrenta Honduras domingo, no Estádio Beira-Rio, em seu último amistoso antes da estreia na Copa América.