Economia

Nova sede da ACIPG começa a tomar forma

Com cronograma à frente do prazo, as obras da nova sede da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (Acipg) já tomam forma no terreno da entidade, localizado na Avenida Visconde de Taunay, no bairro Ronda. A obra que tem previsão de entrega em 30 meses, custará cerca de R$ 17 milhões.

O projeto elaborado pela Esfinge Arquitetura e Engenharia foi lançado em 2018, e o contrato com a construtora Engerama Engenharia e Empreendimentos, de Campo Largo foi firmado em julho deste ano.  O novo espaço contará com cerca de 9.750 m², distribuídos em seis pavimentos. O local contará com estacionamento amplo, auditórios com 360 lugares, uma sala de eventos plana e multiuso, podendo ser utilizada com cadeiras ou mesas para jantar, salas para locação e salas de aula especialmente projetadas para educação executiva, nos moldes de escolas de negócios reconhecidas internacionalmente.

A terraplanagem da área já foi concluída por volta do dia 20 de setembro e a empresa já começou com a fundação. O diretor de Patrimônio da ACIPG, Amarildo Pramio informa que a construtora avançou de forma acelerada com as obras da fundação na parte mais baixa do terreno. “As obras seguirão o fluxo de caixa da ACIPG e o cronograma da entidade prevê a entrega da obra em junho de 2022. Porém, há a possibilidade de serem concluídas antes do previsto por parte da empresa”, destacou o diretor.

Pramio comenta que no mês novembro completaram quatro meses de obra e que de acordo com o cronograma a construção continua avançada, considerando que era ainda para estar sendo feita a fundação, que já está concluída. Ele disse que de maneira geral está como se estivessem passados seis meses de obra. “A laje do primeiro estacionamento já está 80% pronta concretada com os pilares, faltando o anexo do meio da obra, de onde sairia a escada que iria para o térreo, temos alguns pilares da segunda laje da garagem já concluída, a parte de ferragens já estão cortadas e dobradas até o segundo subsolo e toda a parte de contensão do primeiro subsolo já está concluída”, afirma do diretor.

O presidente da ACIPG, Douglas Taques Fonseca, se demonstrou contente com a celeridade das obras, pois entende que a construção da nova sede tornará a instituição em uma referência para região, pois proporcionará ao associado uma melhor estrutura para cursos, eventos entre outras atividades. “O intuito é preparamos a sede para o centenário da ACIPG em 2022 e darmos este presente para nossa cidade. Para isso, estamos economizando ao máximo, trabalhando incessantemente para deixar este legado para nossos associados e nosso município”, finaliza Fonseca.