Economia

Obras do hotel Ibis em PG deverão iniciar no mês de junho

A partir de junho, deverão ter início as obras de construção do hotel Ibis, primeiro da marca em Ponta Grossa. A inauguração deverá ocorrer 24 meses após o começo da edificação.

De acordo com Paulo Roberto Caputo, presidente da Atrio Hotéis (que fará a gestão e operação do Ibis no município), o investimento chegará a R$ 20 milhões. Com a inauguração, a previsão é que sejam gerados cerca de 30 empregos diretos e cerca de 90 indiretos.

Ele explica que o hotel está projetado para oferecer conforto e comodidade aos hóspedes. Haverá um restaurante próprio e um bar que funcionará 24 horas.

A construção, administração e incorporação serão realizados em parcerias, com empresas respeitadas no mercado. “Estamos trazendo uma marca reconhecida no mercado para a cidade, que contará com parceiros locais que têm história no setor da construção civil. A gente entende que é uma segurança para nossos clientes, e para toda cidade, pois é um projeto bem estruturado”, afirma.

Elinton Nasseh Doná (incorporador), Hudson Zanoni Jr, Hudson da Cunha Zanoni, Paulo Roberto Caputo e Elton Doná (Foto: José Aldinan)

As obras ficarão a cargo da Unisul (45 anos de mercado), sob a responsabilidade dos engenheiros Hudson da Cunha Zanoni e Hudson Zanoni Junior, que explica sobre o funcionamento da gestão do hotel. " Sempre perguntam como vai ser a questão da administração. Portanto é bom reforçar que são incorporadores locais, mais a operadora da Rede Accor que é a Atrio Hotéis, sócia do empreendimento e também operadora", pontua.

Paulo Roberto Caputo, da Atrio, completa que a Accor atua na Marca Ibis como franqueadora e que a Atrio é que fará a gestão no dia a dia". A empresa, de Joinville-SC, está completando 30 anos no mercado, é uma das cinco maiores operadoras do país.

Estrutura

O Ibis será construído entre as ruas 7 de Setembro e 14 de Julho, no Centro. Serão 126 apartamentos. O hotel está sendo projetado para pessoas que viajam a negócios e turismo. "PG era a última cidade importante do Paraná em que a marca Ibis ainda não estava presente. Agora, não falta mais", finaliza Caputo.