Cidades

OVNI cai em residência na vila Palmeirinha

Objeto similar a uma bateria atravessou telhado de imóvel
Objeto derreteu e havia ficado preso em forro de PVC da casa (Foto: Fábio Matavelli)

Fato inusitado ocorreu no início da tarde desta sexta-feira (25), na região da vila Palmeirinha, em Ponta Grossa (PR). Martinha Letícia Stefanczak, 48 anos, relata que estava na sala de casa, logo após o almoço, quando ouviu um estrondo. O som parecia vir de um cômodo que estava com a porta fechada. Ao abrir a porta, ela encontrou apenas seu gato de estimação, Docinho, que havia acordado com o mesmo barulho. Não parecia haver nada de anormal no quarto, mas o cheiro de queimado fez ela procurar melhor.

Objeto atravessou telhado e derreteu parte do forro de PVC, deixando um buraco

 

Foi quando Martinha notou uma mancha preta no teto de PVC, que começava a derreter. Ela chamou o filho, Rafael, e pediu para desligar a energia elétrica, achando que pudesse ter ocorrido um curto-circuito. Mas Rafael notou algo preso ao forro e, usando luvas, retirou a peça, que ainda estava quente.

Objeto com cerca de 10 centímetros de comprimento foi retirado ainda quente do forro

 

O objeto também havia quebrado o telhado da casa, o que fez com que surgisse a suspeita de que o OVNI tenha vindo do espaço. Mas as hipóteses são várias. Pode ter caído de satélite, avião, ou mesmo ser fruto de explosão em queima de lixo eletrônico.

Uma sequência alfanumérica gravada na lateral da peça, que se assemelha a uma bateria, deve servir para que o objeto seja identificado no futuro. De qualquer forma, a família tem assunto para tratar por vários dias.

“Imagine o susto, e se isso cai em alguém que está passando pela rua?”, pergunta Martinha, que também se questiona de onde veio o objeto, que agora está depositado em um prato, aguçando a imaginação de curiosos.

*OVNI: Objeto Voador Não-Identificado. O termo se aplica a qualquer item que provenha do espaço e cuja origem não seja definida.

 

Confira o vídeo: