no

Paraná avança no acesso a vacinas

Foi assinado um termo de cooperação técnica e científica com a China para iniciar a testagem e a produção de vacina contra a Covid-19 no Estado, por meio do Tecpar

O governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou nesta última semana um termo de cooperação técnica e científica com a China para iniciar a testagem e a produção de vacina contra a Covid-19 no Estado, por meio do Tecpar (Instituto de Tecnologia do Paraná). A intenção é que nos próximos 15 dias o termo seja submetido aos órgãos regulatórios. Após a aprovação, deve ser iniciada a fase de testagem da população.

O Governo do Estado também ampliou os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital do Rocio, de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, e no Hospital Regional de Telêmaco Borba, nos Campos Gerais. O primeiro espaço conta agora com 125 leitos adultos exclusivos para atendimento a pacientes com a infecção causada pelo novo coronavírus. Em quatro meses o Estado abriu 1.054 leitos de UTI adulto, 49 de UTI pediátrica e 1.557 de enfermaria.

PANDEMIA

Vacina

O Governo do Paraná assinou um termo de cooperação técnica e científica com a China para iniciar a testagem e a produção de vacina contra a Covid-19 no Estado, por meio do Tecpar (Instituto de Tecnologia do Paraná). A expectativa é que o processo possa começar ainda no mês de agosto. Além de passar a integrar o processo de testagem da Sinopharm, o acordo garante ao Estado acesso ao resultado das duas primeiras fases de testagem. Segundo o laboratório, os processos iniciais, já encerrados, tiverem 100% de positivação e sem reação adversa grave.

Medicamentos

O Governo do Estado recebeu anestésicos e relaxantes musculares do Hospital Unimed, do Rio de Janeiro. Os medicamentos vão auxiliar nos procedimentos de intubação e manutenção de pacientes nos hospitais que fazem parte do plano estadual de enfrentamento à Covid-19. O Governo do Estado enviou uma aeronave para buscar a carga. A Secretaria da Saúde tem viabilizado constantemente a aquisição de medicamentos, além de ações que auxiliam no contingenciamento de utilização destes insumos.

Mapeamento

A Secretaria de Estado de Saúde capacitou um grupo de trabalho criado em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS) para definir e adequar as ações de rastreamento de contatos no enfrentamento à Covid-19. O rastreamento de contato é o processo de identificação e isolamento das pessoas que podem ter sido expostas a um caso confirmado ou suspeito da Covid-19. Esta é uma ação importante para quebrar a cadeia de transmissão e conter o surto da doença.

Leitos

O Hospital do Rocio, de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, tem 125 leitos de UTI exclusivos para atendimento a pacientes com a infecção causada pelo novo coronavírus. O Governo do Estado ainda abriu dez novos leitos de UTI no Hospital Regional de Telêmaco Borba, nos Campos Gerais. A abertura destas novas unidades faz parte do plano estratégico da Secretaria da Saúde de ampliação de leitos exclusivos nesta pandemia. Em quatro meses o Estado abriu 1.054 de UTI Adulto, 49 de UTI pediátrica e 1.627 de enfermaria.

Rede Genômica

Com o objetivo de avançar no desenvolvimento de metodologias aplicadas ao diagnóstico e prevenção de doenças de base genética, em especial a Covid-19 e doenças oncológicas, a Fundação Araucária e a Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior lançaram a Rede Paranaense de Pesquisa Genômica. A ação inicia com um investimento de mais de R$ 1,5 milhão, além de R$ 312 mil do Instituto para Pesquisa do Câncer (IPEC-Guarapuava) para custeio e pagamento de bolsas de pesquisa de doutorado e pós-doutorado.  

Volta às aulas

O Comitê de Volta às Aulas apresentou o protocolo de retorno das aulas presenciais no Paraná. O documento trouxe detalhes sobre como vai funcionar o retorno das atividades presenciais quando as autoridades da Secretaria da Saúde permitirem. Além das medidas de segurança sanitária e pedagógicas, o protocolo estabelece a participação dos pais em uma consulta sobre o modelo. Entre as principais medidas estão a compra de insumos e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para todos. Só para a rede estadual serão adquiridos 5 milhões de máscaras de tecido, 200 mil litros álcool em gel por mês, 200 mil litros de álcool 70% por mês, 95 mil luvas, 10 mil termômetros, 15 mil toucas, 105 mil dispensers, 15 mil macacões e 15 mil botas.

Merendas

O Governo do Estado já repassou mais de 25 mil toneladas de alimentos da merenda escolar a família de alunos da rede estadual de ensino desde o início da pandemia. A entrega às famílias de alunos que cadastrados no Bolsa Família foi regulamentada pelo Decreto nº 4.316/2020. A decisão garantiu acesso dos estudantes aos alimentos durante o período de suspensão de aulas presenciais devido à pandemia.

Pátios do Detran

O governador sancionou a lei que isenta as taxas de estada dos veículos apreendidos que ficam nos pátios do Detran. O pagamento das diárias não será cobrado dos cidadãos até o órgão retomar os atendimentos presenciais, suspenso por causa da pandemia do novo coronavírus. O valor atual das diárias é de R$ 27,66.

Apoio aos municípios

A Secretaria da Justiça, Família e Trabalho entregou Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) às instituições de longa permanência para idosos e entidades de atendimentos que abrigam idosos. Já foram beneficiadas 335 instituições em 155 municípios do Paraná. Ao todo foram adquiridos mais de 500 mil itens entre luvas, toucas, aventais, máscaras N95 e TNT, óculos de proteção, termômetro, frascos de álcool gel e água sanitária.

Comida Boa

Os beneficiários do Cartão Comida Boa têm prazo até 7 de agosto para usarem o saldo remanescente dos vouchers. A partir do dia 8 os valores serão zerados. Durante três meses foi concedido o valor de R$ 150 para pessoas economicamente vulneráveis comprarem gêneros alimentícios no comércio previamente cadastrado. Os recursos vieram do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza.

Futebol Solidário

A solidariedade vai entrar em campo neste fim de semana pelo Campeonato Paranaense de Futebol. Coritiba, Athletico e Paraná Clube estão se reunindo na ação Futebol Solidário, que vai arrecadar alimentos não perecíveis e itens de higiene e limpeza a serem destinados a famílias em situação de vulnerabilidade social de Curitiba e Região Metropolitana. No Governo, a iniciativa faz parte da força-tarefa “Menos Eu, Mais Nós”, criada pela superintendência para ajudar as pessoas impactadas pela pandemia do novo coronavírus.

Transparência

O Paraná se manteve com transparência em compras e contratações para o enfrentamento da Covid-19 e ficou acima da média dos outros estados pela avaliação divulgada na sexta-feira (31) pela organização social Transparência Internacional Brasil. O órgão avalia informações sobre uso do dinheiro público.

Foto: Rodrigo Felix Leal

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Mistura grossa

Copel Ipiranga Energia

Ipiranga agora conta com controle eficiente do consumo de energia