Esportes

Paraná Clube vence Brasil e segue na briga pelo acesso à Série A

O Paraná Clube fez a lição de casa e – com um gol logo no primeiro minuto de jogo – derrotou o Brasil de Pelotas por 1 a 0. Com o resultado na Vila Capanema, o Tricolor segue na cola do G-4, dois pontos atrás do 4º colocado deste Campeonato Brasileiro da Série B. “Seguimos na briga. É o mais importante. Restam nove rodadas e vamos lutar até o final”, disse o técnico Matheus Costa, que surpreendeu ao escalar Jhemerson e Alesson para o duelo contra os gaúchos.

Sem Vitinho, lesionado, e Jenison, suspenso, o treinador ainda perdeu o goleiro Thiago Rodrigues, devido a um desconforto. Optou pelo deslocamento de Judivan para a função de centroavante e escalou um trio de muita mobilidade, formado por Jhemerson, Alesson e Bruno Brodrigues. Alisson entrou na meta. Com muita intensidade no ataque, o Paraná foi fulminante e abriu o placar logo na primeira jogada. No cruzamento da direita de Jhemerson, Judivan mergulhou para desviar de cabeça e marcar seu primeiro gol com a camisa tricolor com menos de 1 minuto de jogo.

Sobrando em campo, o Tricolor teve pelo menos duas grandes chances para ampliar ainda no primeiro tempo. No cruzamento de Guilherme Santos, Jhemerson cabeceou por cima do travessão. Aos 29 minutos, Bruno Rodrigues fez ótimo lançamento para Alesson, que bateu no canto, mas o goleiro Carlos Eduardo defendeu com o pé direito. No final, o Paraná ainda reclamou de uma penalidade máxima de Willian Formiga, não assinalada.

Sem reduzir o ritmo, o time de Matheus Costa veio para o segundo tempo disposto a definir o placar. No cruzamento de Guilherme, aos 9 minutos, Ednei tentou cortar e quase fez contra. Aos 12, Judivan deu uma bicicleta, a zaga cortou e na sobra Fernando Neto encheu o pé, mas a bola parou em Bruno Aguiar. A partir daí, os treinadores foram mexendo nos times. Sem correr riscos, o Paraná ainda teve uma grande chance com Rafael Furtado, aos 48 minutos. Após arrancada de Bruno Rodrigues, o atacante recebeu na área, mas bateu por cima do travessão.