Variedades

Parque Histórico dobra número de visitantes em 2015

Este ano, até o momento, museu já recebeu cerca de 80 mil pessoas, o que indica que até o final de 2015 chegue a 100 mil visitantes. No ano passado, foram cerca de 58 mil

Divulgação Parque Histórico de Carambeí
A Vila Histórica reproduz a vida dos imigrantes que habitaram a região no início do século XX

Você já conhece o Parque Histórico de Carambeí? O local foi construído em 2011 - em comemoração ao centenário da imigração holandesa - com o objetivo de preservar a cultura e a memória dos primeiros imigrantes holandeses na região dos Campos Gerais, através de espaços que representam o estilo de vida do colono na época em que habitaram a região, no início do século XX.

Todos os anos, o Parque recebe uma grande quantidade de visitantes. Este ano, no entanto, houve um aumento considerável, que surpreendeu até mesmo a administração do local. De acordo com o presidente da Associação do Parque Histórico de Carambeí (APHC), Dick de Geus, no ano passado foram 58 mil pessoas e a estimativa é de que, até o final de 2015, o número de visitantes chegue aos 100 mil, por conta da programação de Natal, que teve início no último sábado (5).

“Até o momento já foram 80 mil pessoas. Para nós é surpreendente. Não esperávamos chegar a um número tão elevado. No ano passado, nos aproximamos do número de visitantes do Parque Estadual de Vila Velha e, agora, é provável que ultrapasse. Para uma comunidade pequena como Carambeí, de 20 mil habitantes, receber cinco vezes mais este número em visitantes é motivo de muito orgulho”, comemora.

O historiador do Parque, Felipe Pedroso, considera que um dos motivos do aumento da visitação é que, hoje em dia, a questão do multicultural chama bastante a atenção. “A pessoas querem ter acesso a culturas diferentes, conhecer outros costumes, provar comidas típicas e visualizar arquiteturas diferenciadas. O Parque oferece tudo isso e é o que atrai tantas pessoas anualmente”. Pedroso conta que o local já teve visitantes de todo o Brasil e do mundo. “Já recebemos pessoas da África do Sul, Índia, Bangladesh, Sri Lanka e da Holanda, inclusive, existem grupos que vêm anualmente para cá”, conta.


Museu ocupa terreno de 100 mil metros quadrados

O Parque Histórico de Carambeí possui um terreno de 100 mil metros quadrados, onde foram construídas diversas alas museais, integradas e ao ar livre, que contemplam temáticas como: Bens Paisagísticos, História da Vida Privada, Sociabilidade, Cooperativismo e Agroindústria.

O museu é composto por cinco alas, sendo que quatro delas já estão quase 100% finalizadas: a Casa da Memória, a Vila Histórica e o Centro de Exposições e o Parque das Águas. O Centro Cultural Amsterdã, está em fase da captação de recursos, com expectativa de conclusão para dezembro de 2017.

 

 

Elementos da Vila Histórica

  1. Museu das Borboletas
  2. Estação de Trem
  3. Chácara Holandesa
  4. Igreja
  5. Casa de Imigração em Carambeí
  6. Museu da Presença Holandesa no Brasil
  7. Museu do Leite
  8. Matadouro
  9. Escola
  10. Marcenaria e Ferraria
  11. Museu da Madeira
  12. Monumento de Comemoração do Centenário da Imigração Holandesa nos Campos Gerais