Geral

Pastoral Carcerária faz almoço especial de Natal a detentos

Hildebrando de Souza recebe o bispo dom Sergio e mais 30 convidados

Os atuais 862 detentos do Presídio Hildebrando de Sousa terão, nesta quinta-feira (7), o almoço especial de Natal, organizado pela Pastoral Carcerária da Diocese de Ponta Grossa. A refeição é preparada por voluntários na Paróquia Santa Teresinha, com alimentos doados por igrejas, famílias e o Supermercado Tozetto, além dos adquiridos a partir de recursos repassados pela própria Diocese. No cardápio, quatro tipos de salada, maionese, macarrão caseiro, farofa, carne de porco, feijão e arroz. Este ano, bispo dom Sergio Arthur Braschi irá apenas para o almoço. "Em função de outros compromissos, assumidos anteriormente, não conseguirei visitar as galerias", lamentou dom Sergio.  

O almoço é, na verdade, um dos momentos deste dia especial, que todos os anos tem a peregrinação de dom Sergio pelas dez galerias, cantando, tocando violão e fazendo a Novena de Natal junto para detentos e funcionários. A princípio, a programação no Hildebrando de Sousa estava marcada para o dia 12, mas precisou ter a data mudada. "A cozinheira, que é voluntária, acabou marcando uma cirurgia para o dia 12 e por isso nos obrigamos a escolher outro dia e dom Sergio, por já ter outros compromissos, não poderá estar com a gente", comentou a coordenadora diocesana da Pastoral Carcerária, Abegail Trebski.

Além de dom Sergio, participam do almoço especial de Natal, previsto para as 12 horas, representantes da Vara de Execuções Penais, do Ministério Público, Conselho de Segurança, Conselho da Comunidade, Ceebja, o diretor do presídio, Bruno Propst, o vice-diretor, Rodrigo Furman; agentes da Pastoral Carcerária, funcionários e policiais. Ao todo, serão 30 convidados, informou o vice-diretor.

Ano passado, bispo dom Sergio rezou a Novena de Natal com os presos, cantou e tocou violão (Foto: Divulgação)

 

PUBLICIDADE