Cidades

PG deve ter duas Unidades de Pronto Atendimento em 2020

Nova instalação será na área central de Ponta Grossa
(Foto: José Aldinan)

A prefeitura de Ponta Grossa anunciou, na tarde desta terça-feira (10), a criação da segunda Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. A nova unidade será instalada no Centro, nas antigas instalações do hospital maternidade, na rua Dr. Paula Xavier, e a previsão é que ela esteja em funcionamento no primeiro semestre de 2020, ofertando serviços em urgência e emergência.

O prefeito Marcelo Rangel detalhou a iniciativa durante entrevista coletiva realizada na tarde de terça, em seu gabinete. A proposta é desafogar o atendimento da UPA Santa Paula e facilitar o acesso dos moradores de bairros que ficam muito afastados do atendimento 24 horas. O deputado Hussein Bakri e o deputado Sandro Alex não estiveram no evento de anúncio, mas enviaram vídeos nos quais disseram ter reservado R$ 2 milhões cada um para a compra de equipamentos.

Existe uma estimativa de que a nova UPA exija um investimento anual de R$ 15 milhões a R$ 17 milhões para sua manutenção, mas o chefe da 3ª Regional de Saúde, Robson Xavier da Silva, mencionou que a iniciativa pode ser um incremento importante para a saúde do município a médio e longo prazos.

“Na contramão do que se vê em outros lugares do país, onde as unidades de saúde estão sucateadas, há falta de insumos e de profissionais, o município de Ponta Grossa se destaca implantando essa UPA. Eu lembro que essa era uma intenção já em 2016, quando estive na Secretaria Municipal de Saúde”, comentou, destacando que ampliações na rede de atendimento em saúde não ocorrem rapidamente. “O que foi feito na cidade, de 2013 para cá. É um legado para a cidade, que dobrou o número de unidades de saúde e ampliou serviços”, declarou.

 

Acordo

De acordo com Marcelo Rangel, a criação da segunda UPA será possível graças à contribuição do poder judiciário. “O Governo do Paraná recuperou a posse do prédio da antiga maternidade e repassou ao município, graças a um acordo judicial. Agradeço o poder judiciário, que recuperou, oficialmente, a unidade na rua Dr. Paula Xavier”, disse. Durante o anúncio também estiveram presentes os secretários municipais e vereadores.