Economia

PG eleva oferta de empregos

Comércio deve iniciar contratações temporárias em novembro (Foto: Arquivo)

A Agência do Trabalhador (Sine) de Ponta Grossa divulgou ontem o balanço do emprego no acumulado deste ano. De janeiro a setembro, 4.949 vagas no mercado formal foram ofertadas em diversos setores da economia, um acréscimo de 17% em relação ao mesmo período de 2017, quando foram oferecidas 4.229 oportunidades.

O levantamento mostra que aumentou também o número de trabalhadores que conseguiram emprego através do Sine. Enquanto no acumulado de 2017 foram 2.272 colocados, agora ocorreram 2.394 colocações, aumento de 5,4%.

Por outro lado, houve queda no número de pessoas que se inscreveram para trabalhar, o número passou de 6.369 de janeiro a setembro do ano passado para 5.540 agora, queda de 13%.

Também houve recuo na quantidade de trabalhadores encaminhados para entrevistas de emprego, passando de 19.612 no acumulado de 2017 para 19.292 agora, 1,6% a menos.

O mesmo ocorre com o seguro-desemprego que recuou 10,3%, com 9.626 trabalhadores solicitando o benefício neste ano contra 10.726 em 2017.

Para o gerente da Agência do Trabalhador, John Elvis Ribas Ramalho, existe uma dificuldade em preencher as vagas em função do perfil dos trabalhadores que não é o mesmo que as empresas contratantes pedem.

Por outro lado, John lembra que hoje a Agência começa um mutirão em busca de vagas temporárias, o que deve alavancar ainda mais a oferta de emprego. “Com o mutirão queremos captar pelo menos 10% das vagas que surgirem temporárias”, diz. Ele observa ainda que o Sine vem cumprindo as metas estipuladas pelo Ministério do Trabalho.