Cidades

PG já vacinou metade do público-alvo contra a gripe

Dados da Secretaria Municipal de Saúde apontam que o município aplicou 36,7 mil doses da vacina em uma população prioritária de 68 mil pessoas

Desde que começou, em 23 de abril, a campanha nacional de vacinação contra a gripe já vacinou 54,06% do seu público-alvo em Ponta Grossa. Dados da Secretaria Municipal de Saúde apontam que o município aplicou 36,7 mil doses da vacina em uma população prioritária de 68 mil pessoas. A campanha segue até 1° de junho. Este aumento também se deu em decorrência do Dia D realizado no último sábado (12). Ao todo, sete unidades de saúde ficaram abertas para recebr o público-alvo.

De acordo com a Secretaria de Saúde, os idosos são os que mais procuram as unidades básicas de saúde para tomar a vacina. Cerca de 68,32% deste público já foi imunizado. Em seguida vem os trabalhadores de saúde com 53,95%, professores com 43,38%, puérperas com 43,31%, gestantes com 41,55% e crianças com 35,35%.

"Ponta Grossa esta a frente de outros municípios com o mesmo porte, isso é o reflexo da organização da Secretaria de Saúde para chegar a toda a população alvo. Com o Dia D, tivemos uma grande procura. Além disso, as vacinas continuam em 17 unidades fixas e mais as equipes rotativas, passando em todos os 50 postos de saúde. Os números mostram a consciência das pessoas em se imunizar, mas é importante destacar que crianças e gestantes ainda estão abaixo da expectativa", destaca o secretário adjunto da Secretária Municipal de Saúde, Robson Xavier.

Idosos são os que mais procuram as unidades para tomar a vacina. (Foto: Divulgação)

Paraná

Com o Dia D, o Paraná já vacinou 1,7 milhão de pessoas do grupo prioritário. Durante o sábado de mobilização, 300 mil moradores de todo Paraná compareceram às unidades de saúde e se imunizaram contra a doença.

Público

O público-alvo são pessoas com 60 anos ou mais, crianças de 6 meses a 4 anos de idade, gestantes, puérperas (mulheres com 45 dias depois do parto), profissionais de saúde, indígenas, portadores de doenças crônicas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e professores das instituições públicas e privadas.

A vacina é efetiva contra os três tipos de vírus da gripe que mais circulam no país: influenza A (H3N2), influenza A (H1N1) e influenza B, sendo apenas contraindicada para pessoas que possuem histórico de reação alérgica grave ao ovo.

Para tomar a vacina, o grupo prioritário deve comparecer às unidades com um documento com foto, cartão SUS, cartão de vacina, os professores com a declaração e os doentes crônicos com declaração do médico.

Imunizados em PG antes e depois do Dia D

IDOSOS - antes 51,67% / depois 68,32%

CRIANÇAS - antes 35,26% / depois 35,35%

TRABALHADORES - antes 49,84% / depois 53,95%

PUÉRPERAS - antes 35,56% / depois 43,31%

PROFESSORES - antes 29,61% / depois 43,38%

GESTANTES - antes 35,26% / 41,55%

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de Ponta Grossa