Cidades

PG preenche apenas 62,5% das vagas para mais médicos

UBS José Bueno foi uma das contempladas com nova profissional (Foto: José Aldinan)

Ponta Grossa recebeu apenas 35 dos 56 médicos selecionados através do edital para chamamento de profissionais pelo programa federal Mais Médicos. O prazo para que os médicos se apresentassem nos municípios onde irão atuar terminou nesta sexta-feira (14), e a cidade registrou uma desistência de aproximadamente 37,5% daqueles que haviam, inicialmente, manifestado o interesse de trabalhar nas unidades básicas de saúde.

Diante desse cenário, a prefeitura informou que deve manter o revezamento de médicos para atender a todas as UBS. Desde que teve início a falta de médicos, com a saída dos profissionais cubanos, foi adotado um sistema através do qual os 20 médicos concursados que trabalham em UBS se alternavam no atendimento em diferentes regiões do município. Com isso, houve o remanejamento de consultas, como forma de evitar que os pacientes ficassem sem acesso aos serviços.

Com a nova realidade, o revezamento já não ocorre com os médicos concursados, mas sim com os 35 médicos recém-contratados a partir do edital. Em algumas unidades que possuíam duas equipas saúde da família, apenas uma deve permanecer, enquanto a outra atenderá outra localidade do município.

A expectativa é que a medida seja adotada em caráter emergencial, já que existe a previsão de que um novo edital seja publicada na próxima semana pelo Governo Federal, com o objetivo de preencher as vagas que ainda não foram completadas. Ponta Grossa foi um dos municípios mais afetados do país com a saída dos médicos intercambistas, por ordem de Cuba. Cerca de 75% dos médicos na atenção básica eram cubanos.

 

Balanço

O Governo Federal já divulgou que, na próxima segunda-feira (17), o ministério fará um balanço das vagas disponíveis, somando as desistências e as que não tiveram procura. Profissionais com registro no país terão nova chance para se inscrever e escolher os municípios disponíveis nos dias 18 e 19 de dezembro. O prazo para que candidatos ao Mais Médicos formados no exterior (sem registro no Brasil) apresentem a documentação também venceu nessa sexta-feira. A partir do próximo dia 20, brasileiros sem registro no país também poderão escolher vagas disponíveis no programa. (Com Agência Brasil)

 

Próximas etapas do Mais Médicos

Dia 17– Balanço das vagas disponíveis (soma desistências e não selecionadas).

Dia 18 e 19 – Os profissionais com registro no país escolhem os municípios disponíveis.

Dias 20 a 22 – Os médicos brasileiros formados no exterior e sem registro no país que tenham a inscrição previamente validada poderão escolher os municípios remanescentes.

Dias 26 a 28 – Os estrangeiros formados no exterior e sem registro no país poderão escolher as vagas remanescentes.