Polícia

PG registra quatro casos de violência doméstica

A Polícia Militar registrou, no último final de semana, quatro casos de violência doméstica em Ponta Grossa. O primeiro caso foi registrado por volta das 14 horas de sábado (13). Um jovem de 19 anos foi preso suspeito de agredir a esposa de 20 anos. A moça teria sido asfixiada com um fio de telefone. O agressor ainda teria batido a sua cabeça contra a parede por diversas vezes. O rapaz foi localizado e preso em flagrante.

Na noite de sábado, por volta das 20 horas, uma mulher ligou para o 190 da PM relatando que o seu marido estaria fazendo uso de substância entorpecente. O suspeito conseguiu fugir com a chegada da PM, mas retornou à residência quando as equipes deixaram o local e agrediu a companheira com chutes e pauladas.

A mulher conseguiu correr, mas o agressor ateou fogo no sofá da casa. Dentro do imóvel estavam dois filhos do casal, de 5 e 3 anos. Vizinhos conseguiram controlar o fogo. O homem fugiu novamente e não foi localizado.

Ainda no sábado, às 22 horas, uma mulher foi agredida e asfixiada pelo marido após uma discussão. Para se defender, a vítima mordeu a mão do agressor e conseguiu fugir ao pular pela janela. O agressor foi localizado na frente da residência e encaminhado pela PM à delegacia.

Na madrugada de domingo para segunda-feira (15), um homem de 22 anos chegou em casa embriagado, ameaçou a esposa e agrediu a sua avó. Ele tentou fugir momentos depois, mas foi impedido por policiais que chegaram ao local. O agressor foi preso em flagrante.