Polícia

Polícia cerca área próxima à cadeia de Telêmaco Borba

A Polícia Militar realizou o cerco nos quarteirões que ficam em torno da Cadeia Pública de Telêmaco Borba, e a população está sendo orientada a evitar passar perto da unidade prisional, localizada no Centro da cidade, na Avenida Osório Almeida Taques. Desde o início da tarde desta quarta-feira (6), os presos deram início a um motim. Informações repassada pelo 26º Batalhão de Polícia Militar dão conta de que um agente penitenciário foi feito refém durante uma operação bate grade.

O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) de Curitiba foi acionado para intervir nas negociações. Polícia Civil e equipes do Corpo de Bombeiros trabalham em conjunto no local. Ainda não há confirmação sobre mortos ou feridos, nem quais setores da Cadeia foram tomados pelos presos.

Departamento Penitenciário não informou se há feridos no local (Divulgação)

 

PUBLICIDADE