Esportes

Polícia esclarece tumulto entre torcidas em jogo do Operário

A Polícia Militar emitiu nota para esclarecer o tumulto ocorrido entre as torcidas adversárias, no último domingo (10), durante partida entre o Operário Ferroviário e Coritiba.

Segundo a PM, a torcida do Coritiba foi escoltada pela Polícia Militar até a entrada do Estádio Germano Krüger e ao adentrar foi recebida com animosidades pela torcida local, estabelecendo um clima de confronto entre as torcidas adversárias.

"Diante do ocorrido houve a necessidade da intervenção da Polícia Militar para dispersar os torcedores do Operário, que exaltados arremessaram artefatos contra as equipes policiais e contra a torcida visitante", informou a polícia.  

De acordo com a nota, após diversas ordens não acatadas, através do Pelotão de Choque, fez uso técnico de munições de menor potencial ofensivo para que o conflito chegasse ao fim. Não houve prisão ou detenção dos envolvidos.

Somente após o término do jogo a PM disse ter tomado conhecimento que um torcedor do Operário foi encaminhado à casa hospitalar devido ao ferimento causado, em tese, por munição não letal. A PM informou que lamenta a atitude dos torcedores causadores do tumulto e apurará o ocorrido através de procedimento administrativo.