Polícia

Polícia prende homem suspeito de furtar idosos em Ponta Grossa

Golpista se passava por funcionário para praticar crimes
(Foto: Divulgação 13ªSDP)

A Polícia Civil de Ponta Grossa cumpriu, na tarde desta terça-feira (10), o mandado de prisão contra um homem de 38 anos. Ele é suspeito de prática de furto qualificado, ocorrido no começo de 2018. Na ocasião, ele teria se passado por representante de empresa de filtro de água e entrado na residência de uma idosa sob o pretexto de substituição de equipamento.

Enquanto a moradora foi fechar o registro de água para a realização do procedimento, ele teria entrado no quatro e furtado dinheiro e cartões de uma bolsa, o que só foi percebido pela idosa após a saída do homem.

Segundo a polícia, o suspeito também teria praticado diversos estelionatos, cujas vítimas eram idosos, na venda de colchões magnéticos. A Polícia Civil, por mais de uma vez, representou pela sua prisão preventiva, considerando, sobretudo, seus antecedentes pela prática de estelionato. Em todas as situações, ele foi reconhecido pelas vítimas como o autor dos crimes.

 

Variantes

Os crimes tinham apenas pequenas variações. Em algumas situações, o suspeito afirmava que estava com problema na maquineta do cartão por falta de rede, não retornando, conforme combinado com a vítima, para devolver o dinheiro ou realizar o estorno. Em outras situações, ele teria passado o cartão com valores superiores aos do produto oferecido, afastando-se da vítima sob o argumento, também, de “falta de rede” da maquineta. Ao final, o colchão não era entregue ou não correspondia ao produto comprado.