Veículos

Ponta Grossa emplaca 403 veículos em maio

Com apenas oito unidades a menos que no mês de abril, o mercado de veículos permanece com dificuldades. No mês passado, a Ford foi a marca que registrou maior quantidade de emplacamentos

Divulgação

O Ford Ka foi o modelo mais vendido em PG no mês passado

Ranking de maio

Marcas:

1º        Ford                      74 unidades

2º        Fiat                       61 unidades

3º        GM                       59 unidades

4º        Volkswagen         43 unidades

5°       Hyundai                35 unidades

6º        Nissan                 29 unidades

7º        Toyota                 23 unidades

8°        Renault               19 unidades

9º        Honda                 14 unidades

10°      Mitsubishi            10 unidades

 

Modelos mais vendidos:

1º Ford Ka                    23 emplacamentos

2° Hyundai HB20          22 emplacamentos

Fiat Strada                   22 emplacamentos

4° Fiat Palio                 21 emplacamentos

5° Chevrolet Gol          17 emplacamentos

6° Chevrolet Celta       15 emplacamentos

7° Chevrolet Ônix        13 emplacamentos

Ford New Fiesta           13 emplacamentos

9° Ford Ranger            12 emplacamentos

Chevrolet Montana      12 emplacamentos

 

Depois de uma queda de 20% em abril (em relação ao mês de março), o mercado de veículos de Ponta Grossa manteve a média de emplacamentos em maio. Ao todo, foram 403 veículos, apenas oito unidades a menos que no mês anterior. Em março, foram emplacadas 494 unidades e, em fevereiro, 418. Até o momento, janeiro foi o melhor mês de 2015 para o mercado, quando foram registrados 563 emplacamentos.

A Ford é a líder de emplacamentos, com 74 unidades. Em abril, a marca havia ficado em segundo lugar, com 49 veículos. Desta vez, a segunda posição é da Fiat, que registrou 61 emplacamentos. A General Motors caiu para a terceira posição. No mês anterior, ela havia sido a primeira do ranking, com 79 veículos, apenas cinco a mais que a líder Ford. Em maio, a GM registrou 59 unidades. Em seguida aparece a Volkswagen. A marca emplacou 43 unidades em maio, apenas duas a menos que em abril, quando ficou em quinto lugar. Com 35 veículos, a Hyundai ocupa a quinta posição.

A Nissan subiu de posição em maio, passando do nono para o sexto lugar, com 29 unidades, dez a mais que no ranking anterior. Seis veículos a menos que a Nissan, deram à Toyota a sétima posição. A Renault registrou 19 unidades, ficando em oitavo. Seguida da Honda, que emplacou 14 unidades e caiu uma posição. Em décimo, com exatas dez unidades, aparece a Mitsubishi, repetindo sua colocação do mês anterior.

Modelos

No ranking dos modelos, a Ford também ficou em primeiro lugar, com o Ka. Ao todo, foram emplacadas 23 unidades do modelo no mês de maio. Em segundo, com somente um veículo a menos, aparecem empatados o Hyundai HB20 e o Fiat Strada. Os modelos também haviam dividido o pódio em abril, quando ficaram em terceiro. Com 21 emplacamentos, quem ocupa a quarta posição é o Fiat Palio, repetindo a colocação anterior. Depois vem o Chevrolet Gol, com 17 unidades.

O líder do ranking dos modelos do mês de abril, o Chevrolet Celta, desta vez surge na sexta colocação, com 15 emplacamentos. Quatorze unidades a menos que em abril. Chevrolet Ônix e Ford New Fiesta dividem a sétima colocação, com 13 emplacamentos. Mais um empate: desta vez entre Ford Ranger e Chevrolet Montana, que registraram 12 unidades.

Região

Do primeiro ao quarto lugar, o ranking regional repete as marcas do ranking de Ponta Grossa: Ford, Fiat, General Motors e Volkswagen aparecem em primeiro, segundo, terceiro e quarto lugar, com 100, 96, 92 e 83, emplacamentos, respectivamente. O que muda é o quinto lugar que, na região, ficou com a Toyota, com 44 unidades.

De acordo com o gerente da Cipauto, revenda Chevrolet em Ponta Grossa, Washington Luiz Lima, o movimento do mês de maio é o reflexo da falta de estímulo por parte do governo para a melhora do mercado. “Não houve reação, apesar de estar propício para a compra de veículos, já que, nestas épocas difíceis, é possível comprar mais barato, justamente pelo momento de retração da economia”, explica. Ele considera que o medo do consumidor em assumir dívidas se dá por conta de um ‘fantasma’ que foi criado em torno da situação econômica do país. “As pessoas estão com medo, mas não sabem exatamente medo de que. Este é um dos principais problemas que a gente enfrenta hoje”, finaliza.

Dificuldade

Produção de veículos cai 3,4% em maio, diz Anfavea

As montadoras de veículos tiveram em maio o pior desempenho em cerca de uma década, levando à segunda redução das projeções para 2015 de um dos setores que acusa mais fortemente a retração da economia do país e que pode demitir mais nos próximos meses. A produção brasileira de veículos no mês passado, incluindo automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus, foi de 210,1 mil unidades, queda de 3,4% sobre abril e de 25,3% sobre um ano antes, disse na última segunda-feira (8) a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Foi o pior maio desde 2005. (Das Assessorias)