Veículos

Ponta Grossa emplaca 428 veículos em maio

Nos últimos três meses, mercado tem apresentado estabilidade. No entanto, a expectativa é de que o segundo semestre seja um pouco melhor, havendo uma leve reação no setor de vendas

Ranking de junho

Marcas:

1º        Fiat                       64 unidades

2º        GM                        59 unidades

3º        Ford                     51 unidades

4º        Hyundai               41 unidades

5°       Volkswagen          39 unidades

6º        Renault                32 unidades

7º        Toyota                 30 unidades

8°        Honda                  29 unidades

9º        Nissan                 23 unidades

10°      Peugeot              17 unidades

 

Modelos mais vendidos:

Chevrolet Ônix           25 emplacamentos

2° Ford Ka                      19 emplacamentos

3° Hyundai HB20            18 emplacamentos

Fiat Strada                     18 emplacamentos

5° Fiat Palio                   17 emplacamentos

6° Renault Sandero       13 emplacamentos

7° Nissan March             11 emplacamentos

Volkswagen Gol             11 emplacamentos

9° Chevrolet Montana   10 emplacamentos

Honda Civic                    10 emplacamentos

 

 

Divulgação

O Chevrolet Ônix foi o modelo mais vendido na cidade em junho

 

 

O mercado de veículos de Ponta Grossa continua estável. Em junho, foram emplacadas 428 unidades, apenas 25 a mais que no mês anterior. Em abril haviam sido 411. Já em março, o total havia sido um pouco melhor, 494 emplacamentos. Em fevereiro, o mercado havia ficado na mesma média dos últimos três meses, com 418 emplacamentos. Até o momento, janeiro (quando foram registrados 563 veículos) continua tendo sido o melhor mês de 2015 para o mercado.

A Fiat, vice-líder do mês anterior, ficou em primeiro lugar no ranking de junho com 64 emplacamentos. Quem ocupa o segundo lugar desta vez é a General Motors, que subiu uma posição, registrando 59 unidades. A líder de maio, Ford, caiu para a terceira posição, tendo emplacado 51 veículos. Com seis veículos a mais que no mês anterior, a Hyundai ocupa a quarta posição, com 41 unidades, seguida da Volkswagen, que emplacou 39 veículos.

A Renault teve uma boa recuperação em relação ao último ranking, tendo subido da oitava para a sexta posição, com 13 veículos a mais. Em junho, a marca registrou 32 emplacamentos. Em sétimo, repetindo a posição do ranking passado, aparece a Toyota, que emplacou 30 veículos. Com apenas uma unidade a menos, a Honda ficou em oitavo. A Nissan, que não havia aparecido no ranking de maio, ficou em nono lugar, com 23 emplacamentos. Por último, com seis veículos a menos, aparece a Peugeot.

Modelos

No ranking dos modelos, a liderança é da GM, com o Chevrolet Ônix, que teve 25 unidades emplacadas. Em seguida, aparece o Ford Ka, com 19 veículos. O terceiro lugar é do Hyundai HB20 e do Fiat Strada, que ficaram empatados com 18 unidades. Com apenas um emplacamento a menos, o Fiat Palio ficou em quinto lugar no mês de junho.

O Renault Sandero, que em maio não estava no ranking dos modelos, alcançou 13 emplacamentos, ficando com a sexta posição. O Nissan March, assim como o Volkswagen Gol, registraram 11 emplacamentos. Ambos ficaram em sétimo. Também empatados, ocupando o nono lugar, estão o Chevrolet Montana e o Honda Civic que, no mês de junho, emplacaram dez unidades cada um.

Região

No mês passado, a Fiat também foi líder no ranking das marcas da região, tendo registrado 133 emplacamentos nos Campos Gerais, 57 veículos a mais que o segundo lugar: Volkswagen. A Ford ocupa a terceira posição com 75 emplacamentos, seguida da General Motors, que emplacou apenas uma unidade a menos, 74. O quinto lugar é da Toyota, com 52 veículos em junho.

De acordo com o gerente da Cipauto, revenda Chevrolet em Ponta Grossa, Washington Luiz Lima, tendo em vista a quantidade de emplacamentos deste e dos últimos três meses, fica evidente a situação de estabilidade do mercado. “A gente nota, inclusive, que há um equilíbrio muito grande entre as marcas em Ponta Grossa, sendo que nenhuma delas tem se despontado muito mais que as outras. O mercado continua retraído”, considera. Lima conta que, no entanto, as perspectivas para o segundo semestre são um pouco melhores. “A tendência é que haja uma leve recuperação nesta segunda etapa do ano, mas nada que se compare aos patamares antigos”, ressalta.

 

Emplacamentos caem 17,62% no 1º semestre de 2015

A Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), divulgou na última quinta-feira, durante coletiva de imprensa, o desempenho do setor automotivo no mês de junho e do 1º semestre de 2015.

Para o Setor da Distribuição de Veículos no geral (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários, máquinas agrícolas e outros, como carretinhas para transporte) o mês de junho apresentou retração de 1,25% em relação a maio (329.650 unidades em junho, contra 333.821 no mês anterior). Na comparação entre os meses de junho 2015 e o mesmo mês de 2014, o setor teve queda de 14,45%. No acumulado do ano, houve queda de 17,62% para todos os setores somados. No primeiro semestre de 2015, foram emplacadas 2.053.111 unidades, contra 2.492.247 no mesmo período de 2014.

Para o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Jr., o mercado ainda sofre os reflexos da economia em crise no Brasil. “A falta de confiança reflete, diretamente, no mercado. Para o segundo semestre, esperamos que a média diária de vendas aumente um pouco, porém, o resultado de 2015 será cerca de 20% menor que o registrado em 2014 ”, explicou. (Das Assessorias)