Política

Prazo para transferir e tirar título de eleitor vai até 9 de maio 

Quem ainda não tem título de eleitor ou precisa transferir seu domicílio eleitoral, alterar os dados cadastrais ou ainda fazer o cadastramento biométrico deve ficar atento ao prazo para fazer as solicitações à Justiça Eleitoral, que termina no dia 9 de maio, 151 dias antes do pleito. 
De acordo com o Calendário Eleitoral 2018, 9 de maio é ainda a data-limite para que o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida solicite sua transferência para uma seção eleitoral com acessibilidade. Do mesmo modo, esse é o prazo para que os presos provisórios e os adolescentes internados que não possuam título regular façam o alistamento eleitoral ou solicitem a regularização de sua situação para votar em outubro.
O chefe de cartório da 14ª Zona Eleitoral, Fabyano Alberto Stalschmidt Prestes, explica que o movimento já está maior e deve se intensificar nos últimos dias do prazo. Ele ressalta, no entanto, que deve procurar o Fórum Eleitoral apenas as pessoas que se enquadram nos critérios específicos. "Quem já fez o cadastramento biométrico, ou não pretende mudar o local de votação e está com as obrigações eleitorais em dia não precisa comparecer", orienta. 
Os eleitores que necessitarem de atendimento devem comparecer ao Fórum Eleitoral de Ponta Grossa de segunda a sexta-feira, das 12 às 19 horas. O Fórum fica na rua Saint Hilarie, 187, no bairro Oficinas. Nos dias, 7, 8 e 9 de maio o atendimento será das 9 às 19 horas. 

Documentos necessários 
Ao ir até o cartório eleitoral, o cidadão deve levar título de eleitor, comprovante de residência - para os casos de transferência, com antecedência mínima de três meses; um documento oficial de identificação pessoal contendo, no mínimo, nome, filiação, data de nascimento e nacionalidade; e o comprovante de quitação militar, quando do sexo masculino.