Vídeos

Obra desvia tubulação para evitar desabamento de capela

A Secretaria Municipal de Serviços Públicos, através do trabalho de engenheiros e técnicos da Prefeitura, decidiu criar um novo traçado para a galeria pluvial que vem provocando a erosão sob diversos imóveis da região da Vila Catarina Miró. Na tarde desta segunda-feira (16), as equipes estiveram novamente no local, onde foi constatado que a capela católica poderia desmoronar se a galeria fosse mantida no local.

A tubulação passa exatamente sob a capela, e vinha corroendo parte da estrutura de fundação que havia desabado. “Com bastante dificuldade, estamos conseguindo corrigir o problema, refazendo a tubulação na parte lateral da igreja, desviando dos pilares de sustentação”, diz o secretário da SMSP, Márcio Ferreira. Segundo ele, três imóveis, entre eles a capela, precisaram ser totalmente interditados em função da formação de crateras sob as casas, e outros imóveis estão sob observação.

Fundação da capela estava comprometida após erosão causada por galeria rompida (Divulgação)