Polícia

Prefeitura não vê indícios de agressão em escola de PG

Criança deve passar por exames no IML de Ponta Grossa nesta tarde (Foto: Arquivo DC)

A Prefeitura de Ponta Grossa declarou, por meio de sua assessoria de imprensa, que não vê indícios de que tenha ocorrido, nesta semana, agressão contra uma criança de cerca de cinco anos em uma escola administrada pelo município.

O caso veio à tona através de meios de comunicação na tarde desta quinta-feira (8), e a própria direção da escola teria sido informada sobre a suspeita somente na manhã deste mesmo dia, pelo pai do menino. Segundo a assessoria, a acusação chegou a ser direcionada a um dos profissionais de ensino que sequer teve contato com a criança na quarta-feira (7), quando supostamente teria ocorrido a agressão.

Segundo o relato da mãe, hematomas foram notados nas costas do menino durante o banho, e a criança teria lançado suspeitas sobre a escola. A Secretaria de Educação informou que o aluno teve aula no estabelecimento de ensino pela manhã, e que nesse período não houve nenhum indicativo de que ele estivesse ferido. Como o fato só foi notado somente à noite, o município considera que há um lapso de tempo grande entre a permanência na escola e a descoberta dos hematomas, para que a suspeita recaia sobre a escola.

O menino deve passar por exames no IML de Ponta Grossa na tarde desta quinta-feira (8), que devem auxiliar Conselho Tutelar e Polícia Civil na elucidação dos fatos.