Cidades

Prefeitura não aceita novas propostas dos servidores

A prefeitura, em nota enviada à imprensa menos de duas horas após o pronunciamento do Sindserv na Câmara, se manifestou contrária à nova pauta dos servidores, declarando que “rejeita qualquer tipo de ingerência do Sindserv na administração municipal e mantém sua proposta inicial de reajuste salarial, com reposição da inflação do período no mês de setembro, totalizando 2,76%”, com antecipação da primeira parcela do 13° salário até o mês de julho.

A nota também acrescenta que, em respeito aos mais de 90% dos servidores do funcionalismo público que se mantiveram em suas funções durante o período de paralisação (…) a Prefeitura realizará desconto dos dias não trabalhados".

O Sindserv reafirmou que, apesar dessa manifestação, está mantida a volta dos servidores ao trabalho nesta quinta-feira (14), e que o Sindicato irá manter prazo até 21 de junho para analisar a posição do governo.