Esportes

Presidente da Fifa defende inchaço da Copa

 

 

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, defendeu nesta semana o inchaço da Copa do Mundo, que terá 48 seleções a partir de 2026. O cartola afirmou que "mais países poderão viver o sonho" de disputar uma Copa do Mundo. Segundo o dirigente supremo da entidade, “futebol é mais do que Europa e América do Sul, o futebol é global”. A divisão para cada confederação ainda não foi feita. “Temos que cuidar do formato para preparar as candidaturas. É importante que os candidatos a sede saibam quantos times jogarão, quantos estádios, como será o deslocamento etc. Saber quem vai jogar ainda é menos importante”, disse Infantino.

PUBLICIDADE