Polícia

Para amigos, vítima de acidente era fã de ciclismo e cuidadoso quando pedalava

A Polícia Rodoviária Federal registrou, no final da manhã dessa segunda-feira (11), o falecimento do ciclista Luis Felipe Andrade, 29 anos. Ele colidiu de frente com um caminhão com placas de Teixeira Soares que trafegava pela BR-376, na altura do Km 499, próximo à empresa Tetra Pak. Informações colhidas no local, apontaram que ele pedalava pelo acostamento, no sentido Ponta-Grossa Curitiba, quando foi atingido pela carreta que carregava contêineres.

Devido à força do impacto, o rapaz sofreu ferimentos graves, não resistiu e faleceu antes mesmo de ser levado ao hospital. O DC entrou em contato com amigos de Andrade, que afirmaram que a vítima era cuidadosa sempre que pedalava. Segundo eles, o rapaz costumava pedalar por rodovias, principalmente na região de Itaiacoca e Alagados. O ciclismo era uma paixão e ele lia muito sobre o assunto. Era uma forma de aliviar o estresse, praticar exercícios e aproveitar os momentos de lazer, quando Andrade não estava trabalhando como assistente administrativo em uma empresa da cidade.

Um mal súbito em virtude do calor intenso, ou problema mecânico na bicicleta, não estão descartados como possíveis causas do acidente. Marcas no asfalto apontam para um colisão ocorrida na faixa de rolagem dos automóveis. Andrade pedalava sua bicicleta no sentido oposto ao dos carros e caminhões, e teria saído da área de acostamento no momento em bateu de frente contra a carreta. Um inquérito deve ser aberto para apurar as circunstâncias de sua morte. (D.K.)

Vítima faleceu antes mesmo de ser levada ao hospital (Foto: Fabio Matavelli)

 

PUBLICIDADE