Cidades

Secundaristas começam a desocupar colégios em PG

Estudantes de quatro escolas que participam do movimento de ocupações de colégios estaduais em Ponta Grossa começaram a deixar hoje (25) os prédios. Eles se anteciparam à entrega das 21 intimações de reintegração de posse concedidas pelas duas Varas da Fazenda Pública em Ponta Grossa.

Conforme o Núcleo Regional de Educação (NRE), saíram voluntariamente, antes da entrega da intimação, os estudantes dos colégios Frei Doroteu de Pádua, Arnaldo Jansen e General Osório. Os alunos do Ana Divanir Boratto (o primeiro a ser ocupado em Ponta Grossa) se comprometeram a sair nesta quarta-feira (26).

Paralelamente, oficiais de Justiça entregaram 11 intimações ontem (confira a lista abaixo). Nesta quarta, deverão ser entregues as intimações restantes.

Fábio Matavelli
Comissão entregou intimação na Escola Edison Pietrobelli

Os alunos têm 24 horas, a partir do recebimento da intimação, para desocupar os colégios. Caso contrário, poderão ser retirados por força policial e pagar multa diária de R$ 1 mil, conforme determinação judicial.

A reportagem entrou hoje no Colégio Edison Pietrobelli para acompanhar a entrega da intimação. Cada entrega está sendo feita pelo oficial de Justiça com a participação de uma comissão formada por membros da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Conselho Tutelar e Patrulha Escolar.

A mãe de aluno, Luana Gomes Faria, disse que o colégio Edison Pietrobelli será desocupado nesta quarta, respeitando o prazo judicial. O colégio ficou ocupado uma semana. “Os alunos fizeram oficinas, atividades e palestras. No domingo fizemos um almoço todos juntos”, completou.

Por orientação judicial, se houver descumprimento da ordem de reintegração, os menores serão levados primeiramente ao Conselho Tutelar e entregues aos responsáveis. A juíza Jurema Gomes esclareceu que a reintegração não julgou a legitimidade do movimento estudantil, mas o retorno do prédio ao Estado.

Movimento

Segundo a chefe do Núcleo, Maria Izabel Vieira, aguarda-se orientação da Secretaria Estadual de Educação para o calendário de reposição de aulas. Os alunos ainda devem aguardar a solução do impasse sobre a greve dos profissionais de Educação. Conforme a Casa Civil, a greve afeta totalmente apenas 3,3% dos colégios do Estado.

A APP-Sindicato, em Ponta Grossa, enviou nota à imprensa onde esclarece os motivos das ocupações e das greves (que têm pautas diferentes) e afirma que as pessoas devem conhecer a entidade sindical antes de criticar.

Morte

A respeito da morte de um estudante de 16 anos em um colégio ocupado em Curitiba, a Secretaria Estadual de Segurança Pública esclareceu ontem que o adolescente de 17 anos suspeito do crime já foi apreendido. O autor confirmou que se desentendeu com a vítima após consumo de drogas.

Escolas já intimadas

COLÉGIO JOÃO RICARDO VON BORELL DU VERNAY

COLÉGIO ESTADUAL PADRE ARNALDO JANSEN

COLÉGIO JOSÉ ELIAS DA ROCHA

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO PROFESSOR CESAR PRIETO MATINEZ

COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR COLARES

COLÉGIO ESTADUAL ELZIRA CORREIA DE SÁ

COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR EDSON PIETROBELI

COLÉGIO LINDA BACILA

COLÉGIO NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS

COLÉGIO ESTADUAL DORAH GOMES DAITSCHMAN

COLÉGIO ESTADUAL NOSSA SENHORA DA GLÓRIA

 

Escolas a serem intimadas

COLÉGIO ESTADUAL REGENTE FEIJÓ

COLÉGIO JULIO TEODORICO

COLÉGIO PRESIDENTE KENNEDY

COLÉGIO ESTADUAL EPAMINONDAS NOVAES RIBAS

COLÉGIO ESTADUAL AMALIO PINHEIRO

COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR JOSÉ GOMES DO AMARAL

COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR MENELEU ALMEIDA TORRES

COLÉGIO POLIVALENTE

COLÉGIO AGRÍCOLA AUGUSTO RIBAS

PUBLICIDADE