no

Soldados do 13° BIB estariam envolvidos na morte de motorista de aplicativo

O motorista de aplicativo que estava desaparecido será sepultado nesta seguinda-feira (3), às 10 horas, no Cemitério Parque Jardim Paraíso. Três soldados do 13° Batalhão de Infantaria Blindado (13° BIB) estariam envolvidos na morte do motorista de aplicativo, Luiz André Waylo, de 45 anos.

A vítima estava desaparecida desde a última quarta-feira (29), em Ponta Grossa. Familiares e amigos pediram ajuda para localizar Luiz. O seu veículo foi abandonado no bairro Uvaranas. O corpo do motorista foi encontrado dias depois. Ele deixa esposa e quatro filhos.

Uma nota encaminhada pelo comando do 13° BIB na noite de sábado (1) aponta que três recrutas do Exército podem estar envolvidos no crime. “Os três soldados incorporaram no Exército em março de 2020, não são militares de carreira e não se encontravam de serviço ou em operações militares no dia 29 de julho”, informou o Batalhão.

Ainda de acordo com o Exército, um processo relacionado a este caso está sendo aberto na esfera administrativa. “O que poderá culminar na expulsão dos envolvidos da instituição. Esta organização militar lamenta pela conduta inaceitável dos soldados e compadece-se com os familiares da vítima pelo ocorrido”, disse a nota. O crime está sendo investigado pelo setor de Homicídios da 13ª Subdivisão Policial (SDP).

 

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Técnico Torrent chega ao Rio e prevê trabalho longo no Flamengo

Mistura grossa