Cidades

Supermercados orientam grupos de risco em relação à Covid-19

Mercados criam horários especiais e investem em delivery
(Foto: José Aldinan)

Os supermercados de Ponta Grossa apresentaram uma redução no número de clientes pertencentes ao chamado grupo de risco da Covid-19, ao longo desta semana. Se, no início, havia quem temesse o desabastecimento, agora o que se vê são poucas pessoas com mais de 60 anos em meio às gôndolas. Em parte, isso deve a medidas adotadas pelos estabelecimentos comerciais.

O empresário César Tozetto diz que a rede de supermercados Tozetto optou por desestimular os clientes acima de 60 anos a fazer compras neste momento. No entanto, ele percebe que a redução no número de pessoas em compras foi geral. “O grande movimento já passou. Seguimos atendendo das 8 às 22 horas, mas reduziu em geral o trânsito de pessoas”, diz.

O grupo Muffato informou que também orienta clientes idosos a evitarem as compras nesse período em que o Ministério da Saúde sugere isolamento social, estimulando as compras solidárias para proteção dos clientes dos chamados grupos de risco, e afirmou que tem aprimorado sua cadeia logística otimizando o serviço de delivery.

 

Horários especiais

A rede Condor optou, conforme recomendação feita pela Associação Paranaense de Supermercados (Apras), por criar um horário específico para atendimento do grupo de risco. O atendimento preferencial ocorre diariamente, das 7 às 8 horas, e é destinado a idosos e gestantes. A rede também adotou medidas adicionais de higienização em carrinhos de compras.