Polícia

Suspeito de matar ex-sogra alega legítima defesa

Delegado Jairo Luiz Duarte de Camargo ouviu depoimento do suspeito (Foto: Arquivo DC)

O homem de cerca de 23 anos apontado como autor do homicídio de sua ex-sogra, de 42 anos, se apresentou na quarta-feira (7) à Polícia Civil, na presença do advogado. Ao delegado Jairo Luiz Duarte de Camargo ele deu uma versão diferente da apresentada pela filha da vítima.

Segundo o suspeito, que confirmou ter golpeado a vítima com uma faca, ele teria passado em frente a residência quando viu sua ex-mulher com o filho e tentou pegar a criança. Entrou na casa discutindo, ocasião em que a ex-sogra interviu e teria apertado o pescoço do suspeito com a mão direita, o que fez com que ele se desequilibrasse e caísse perto de um televisor. Ao cair, ele teria encontrado a faca, que pegou para se defender, ocasião em que atingiu a ex-sogra no tórax. O suspeito então se evadiu, levando a arma do crime.

Na versão da ex-mulher do suspeito, ele teria chegado com a faca, que teria retirado da cintura para golpear a vítima. O suspeito foi ouvido e liberado, já não que não foi preso em flagrante. O crime ocorreu na terça-feira (6) e ele deve ser indiciado por feminicídio.