Esportes

Timão recebe o São Paulo na decisão do Campeonato Paulista

O Corinthians recebe o São Paulo, neste domingo (21), em Itauera, para a partida final do Campeonato Paulista 2019. Após o trabalho de véspera em campo, o goleiro Cássio e o lateral Danilo Avelar comentaram sobre a expectativa para o jogo que vale a taça da competição estadual. Na primeira partida houve empete sem gols no Morumbi.

O goleiro do Timão falou sobre o empenho do elenco para esta partida que vale o título e ressaltou o fato do Corinthians decidir em casa: “ Fizemos um grande jogo contra o Santos na semifinal, saímos ganhando, empataram e fizemos o segundo. Teremos uma atmosfera favorável. Muitas vezes o nosso time não ganhou na qualidade, mas na vontade e dedicação. Pode faltar técnica em alguns momentos, mas empenho e dedicação nunca falta, é uma marca do Corinthians. Não tenho dúvida disso, vamos em busca de um título com vontade e dedicação", afirmou Cássio.

O camisa 12 também falou sobre a possibilidade de penalidades, mas deixou claro a preferência pelo título nos 90 minutos: ”Trabalho de pênaltis não é de agora, é de anos atrás, como era com o Mauri. Deixo mais a cargo dos treinadores de goleiro, eles cuidam dessa situação para mim, me ajudam, me deixam a par, com os vídeos, até para eu não perder o foco. Espero que o título saia no tempo normal. Se não for para os pênaltis, será melhor", disse.

Danilo Avelar também destacou a importância de contar com a torcida à favor: “Jogar melhor ou não é uma questão do momento. Mas a diferença é que diante da nossa torcida ninguém tem essa atmosfera que a gente sente. Isso é muito importante ter o 12º jogador, é uma vantagem”, completou.

O lateral do Timão também comentou sobre o melhor rendimento em campo esse ano e o desejo de permanecer no clube, além do título: “Comissão me deu total condição para melhorar, mérito não só para mim, mas para companheiros e estafe. Muito feliz, se isso acontecer, de ter o primeiro título e a confirmação da compra, serão dois objetivos que tracei de vir para o Corinthians e permanecer no Corinthians", concluiu.