Economia

Venda de veículos cresce mais de 6% em Ponta Grossa

Setor automotivo quer chegar a 10% de alta em 2020
(Foto: José Aldinan)

Em todo o país, as vendas de automóveis apresentaram um crescimento de 7,65% no acumulado de 2019, sobre 2018. O balanço final das vendas de veículos confirmou as projeções feitas pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), com alta acumulada de 10,48% - este volume considera todos os segmentos somados (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros veículos). Os dados são da própria Fenabvrave.

Em Ponta Grossa, segundo os últimos dados divulgados pela Fecomércio, até outubro o acumulado do ano registrava um aumento deflacionado de 6,39% nas vendas de concessionárias de veículos. De acordo com o Detran, em novembro a cidade contava com uma frota de 211.574 veículos, sendo 60% deles automóveis. O crescimento é de 3,7% em relação ao mesmo mês de 2018, somando 7.594 veículos a mais nas ruas – 4.637 deles automóveis.

Os dados vão de encontro com os da concessionária local que representa a marca mais vendida em todo o país: a Chevrolet Cipauto aumentou as suas vendas em 6,2%, chegando à marca de 995 unidades – uma média superior a 19 veículos por semana. “O ano passado foi muito inconstante devido à política; a cada fala do governo variavam o mercado e as vendas. Para esse ano a nossa perspectiva e também da indústria é de chegar a um crescimento de 10%”, avalia o gerente da loja, Giancarlo Capri.

Perfil

Segundo Capri, o perfil dos compradores foi, no geral, semelhante ao de outros anos, com destaque para famílias e jovens de 25 a 35 anos. Porém, o nicho que mais se destacou em 2019 na concessionária foi o de pessoas com deficiência (PcDs): as vendas com as isenções de impostos previstas na legislação aumentaram 49%.

“O mercado explorou mais esse setor do que vinha explorando antes. É uma forma de o cliente comprar por um preço mais baixo e a concessionária vender mais, já que o desconto é dado com a isenção de tributos como IPI e ICMS”, afirma o gerente da Cipauto, destacando que o aumento das informações impulsionou as vendas. “Muita gente tem direito a este benefício e nem sabe, achando que ele é restrito apenas para algumas condições”, lembra.

Ranking de modelos

Desde 2015, anualmente, o GM Ônix é o carro mais vendido do país. “Ele também é o carro mais vendido da América Latina e a expectativa é que continue nessa colocação. O modelo foi reformulado agora em 2020 e esse novo já ocupa a segunda posição”, explica o gerente da Chevrolet Cipauto, afirmando que neste ano a marca deve lançar pelo menos dez modelos novos.

No ranking brasileiro, os dez automóveis mais vendidos em 2019 foram o GM/Ônix (241.214), Ford/Ka (104.331), Hyundai/HB20 (101.590), Renault/Kwid (85.117), VW/Gol (81.285), Fiat/Argo (79.000), GM/Prisma (73.721, VW/Polo (72.057), Jeep/Renegade (68.726) e Jeep/Compass (60.361).

  Ônix, da Chevrolet, segue na liderança nacional de vendas (Foto: José Aldinan)