Economia

Volkswagen celebra o Tiguan número cinco milhões

Com quase 800 mil veículos entregues em 2018, o Tiguan é um dos veículos de maior sucesso em todo o mundo    (Foto: Divulgação/Volks)

A Volkswagen está comemorando um importante aniversário de produção já no início de 2019: na metade de janeiro, o Tiguan número cinco milhões deixou a linha de montagem da fábrica de Wolfsburg, na Alemanha. O SUV Tiguan é um sucesso mundial desde seu lançamento em 2007 e, dessa forma, contribuiu significativamente para a estratégia de crescimento e a ofensiva SUV da marca.
O harmônico conceito de design do Tiguan e do Tiguan Allspace (desde 2017) foi acolhido por clientes de todo o mundo. O Tiguan se destaca pelo marcante design exterior e interior, pelas tecnologias e por suas características gerais diferenciadas. As cerca de 800 mil unidades do Tiguan e Tiguan Allspace entregues em 2018 comprovam a popularidade e o sucesso do SUV compacto.
A produção do Tiguan começou em 2007 na fábrica principal de Wolfsburg, na Alemanha, dando início à história de sucesso desse SUV compacto. Mais de 120 mil unidades deixaram a linha de montagem já ao final do primeiro ano completo de produção, em 2008. Essa marca teve continuidade com um forte crescimento contínuo - em 2015, mais de 500 mil Tiguans já haviam sido vendidos em todo o mundo. 

Sucesso no Brasil
Lançado em julho de 2018 no Brasil, o Tiguan Allspace, primeiro modelo da ofensiva de SUVs da Nova Volkswagen, encerrou o ano de 2018 como o segundo SUV premium mais vendido no país, com 5.773 unidades vendidas, um resultado quatro vezes maior que o desempenho do modelo em 2017.  Em outubro, o modelo registrou o seu melhor mês de vendas desde que começou a ser comercializado no Brasil, com mais de 1.000 unidades vendidas.
O Tiguan Allspace faz parte dos cinco SUVs completamente novos que a Volkswagen lançará na América do Sul até 2020. O segundo será o T-Cross, que chegará ao mercado brasileira em abril, e o terceiro SUV dessa estratégia será o Tarek, a ser produzido na fábrica de General Pacheco, na Argentina.
Atualmente, os SUVs representam 23,3% do mercado total de automóveis de passeio no Brasil. É o segmento que mais cresce no País, com aumento de 22,1% em  2018, enquanto outros segmentos evoluíram 10,6%, no mesmo período. Considerando o mercado de carros e comerciais leves, estima-se que em quatro anos, de dez unidades vendidas no Brasil, no mínimo três serão SUVs.