Psicologia em pauta
A Pandemia e os cuidados com as crianças

A Pandemia e os cuidados com as crianças

Já abordei acerca desse tema, em blogs anteriores, porém hoje o faço sob outros aspectos. Muitos pais não estão sabendo como lidar com a presença de seus filhos em casa em tempo integral. No início da quarentena, muitas situações foram recebidas de forma de contentamento, pois as crianças "acharam" que estavam em férias escolares. Porém, com o passar do tempo e a obrigatoriedade e a manutenção do isolamento social, foram trazendo sensações, comportamentos que nem todos sabemos como administrar e a partir daí, ansiedades e conflitos se estabeleceram.

O importante é acompanhar as necessidades das crianças, perceber como as mesmas estão se sentindo, suas preocupações, medos, trocar ideias, participar das atividades escolares, que hoje vêm de forma virtual e até aprender com elas, como fazer isso. 

Sabemos, as plataformas virtuais, nem  sempre são de acesso e domínio de todos, e dessa forma muitas crianças podem não ter condições de acompanhar as aulas, bem como realizar as atividades escolares nos prazos estabelecidos. Nessa hora, a rede de solidariedade entre escola e pais deve ser propiciadora de outras alternativas para o cumprimento da aprendizagem. 

Outro aspecto importante, é estabelecer com as crianças, uma rotina de atividades além das escolares, essa com relação à vida da casa, nas tarefas domésticas, culinárias, de organização, de brincadeiras em que toda a família participe. Dessa forma, os laços afetivos se estreitarão, a comunicação poderá ficar mais clara e novas descobertas surgirão. Aí nos questionaremos: será que realmente conhecemos nossas crianças/adolescentes? 

Lílian Yara de Oliveira Gomes - CRP 08/17889