Visão Empresarial
Como agir de maneira isenta e justa na empresa?

Impactos

Quando um profissional busca agir com justiça, ele já desempenhou metade de um caminho extremamente importante no mundo corporativo que é o de se importar com o impacto das suas decisões e também com o equilíbrio que as suas decisões, as suas ações implicarão em relação às pessoas que estão a sua volta. Isso porque em alguns momentos a gente percebe que profissionais estão mais preocupados em fazer o que consideram correto, sem se preocupar se o impacto das suas ações promoverá desequilíbrio, implicará em insatisfação ou até mesmo em uma espécie de prejuízo para os seus colegas.

*****

Laços

A grande questão é que quando nós tentamos ser isentos estamos tentando nos colocar do lado de fora de determinada situação. É um esforço, é um exercício de tentar enxergar completamente desprovidos de qualquer tipo de interesse, de qualquer vínculo emocional que tenhamos com aquela situação com as pessoas envolvidas. É como você pedir para uma mãe determinar se o seu filho é culpado de determinado crime esquecendo se ele é filho dela ou não. Os laços afetivos, os laços emocionais, são mais fortes do que nós seres humanos conseguimos gerenciar. Por isso a recomendação é parar de tentar ser isento e tentar demonstrar aos outros que você é completamente isento numa determinada situação.

*****

Raciocínio

Ao contrário, assuma que por mais que você se esforce sempre haverá algum tipo de influência no seu comportamento e ao assumir você percebe claramente que poderá pedir auxilio para que outras pessoas corrijam o seu raciocínio e não necessariamente a sua decisão. Às vezes o que nós precisamos entender é que uma decisão pode ou não dar certo, pode ou não encontrar os resultados que a gente espera. Agora, quando nós temos um raciocínio que é realmente coerente, isso sim é relevante para justificar as nossas atitudes. Pense nisso!

 

Luciano Salamacha