Saúde em Pauta
Dúvidas sobre o coronavírus

Panorama da doença
Considerada como uma das grandes pandemias do nosso século,  o coronavirus segundo  a Organização Mundial de Saúde  registrou até o momento 207.855 casos confirmados e 8.648 mortes em 166 países e territórios. O Covid-19 iniciou na China com 81.174 casos e hoje se alastra pelo mundo todo. A Itália, neste momento é um dos países mais afetados com 41.035 casos e uma estimativa alarmante de 427 mortes em apenas um dia!

Que são os CORONAVÍRUS?
Também conhecidos como coronavírus (CoV), na verdade são uma grande família viral, conhecidos desde meados dos anos 1960, que podem comprometer humanos e animais causando infecções respiratórias.  Na maioria dos casos, as infecções por coronavírus causam doenças respiratórias leves a moderada, semelhantes a um resfriado comum e a maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida. Os coronavírus comuns que infectam humanos são  conhecidos como alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Que é SARS? E qual sua  diferença com o coronavírus ?
Esta sigla SARS também já apavorou o mundo. É porque, dentro da família coronavírus, alguns vírus podem ser mais agressivos, vindo a desenvolver síndromes respiratórias graves, como a síndrome respiratória aguda grave que ficou conhecida pela sigla SARS (abreviatura  da síndrome em inglês “Severe Acute Respiratory Syndrome”). SARS é causada pelo coronavírus associado à SARS (SARS-CoV), sendo os primeiros registros ocorridos na  China em 2002 e a partir dessa data,   SARS-CoV se disseminou rapidamente para mais de doze países na América do Norte, América do Sul, Europa e Ásia, infectando mais de 8.000 pessoas e causando  mais de  800 mortes antes da epidemia global de SARS ser controlada em 2003.  A partir de 2004, não se tem nenhum conhecimento de pessoas infectados por esse tipo de vírus.

E MERS, o que é?
Conhecida como MERS-CoV, é uma sigla inglesa que significa “Middle East Respiratory Syndrome”, que na verdade só foi isolada em 2012, se constituindo um novo coronavírus, distinto daquele que causou a SARS no começo da década passada. Também agressivo, era até então desconhecido como agente de doença humana quando foi identificado primeiramente em países do Oriente Médio, Arábia Saudita e depois se espalhando na Europa e na África. Todas as pessoas infectadas tinham histórico de viagem ou contato com enfermos da Jordânia, Emirados Árabes e Catar. Essa infecção viral, por ser identificada e localizada na Península Árabe passou a ser denominada de “Síndrome Respiratória do Oriente Médio”.

Como se manifesta  linicamente o coronavírus ?
Os coronavírus humanos comuns causar:  Infecções respiratórias brandas a moderadas de curta duração. Os sintomas podem envolver coriza, tosse, dor de garganta e febre Algumas vezes podem causar infecção das vias respiratórias inferiores, como pneumonia. O MERS-CoV, assim como o SARS-CoV, causam infecções graves.

Qual o período de incubação?
De 2 a 14 dias.

Qual o período crítico para transmissão?
Normalmente, a transmissão viral ocorre apenas enquanto persistirem os sintomas. Durante o período de incubação e casos assintomáticos, há perigo de contágio.

Qual é o modo de transmissão?
Todos os coronavírus são transmitidos de pessoa a pessoa, incluindo os SARS-CoV, por contato próximo de pessoa a pessoa.

O que pode ser considerado contato próximo?
O contato próximo se refere a  qualquer pessoa que cuidou do paciente, incluindo profissionais de saúde ou membro da família; que tenha tido contato físico com o paciente; tenha permanecido, seja morando ou visitando o paciente no mesmo local que a pessoa infectada.