Toque de Letra
Futuro do Fantasma em onze rodadas

Dizem que futebol é momento. Assim, após um breve período de ascensão, o Operário Ferroviário entrou na gangorra neste Brasileirão da Série B, passando por um momento de fragilidade, mas com expectativa de voltar a subir de produção. Agora faltam onze rodadas que vão definir o futuro do Fantasma no certame. Seis partidas serão longe de Vila Oficinas.

E é aí que as coisas podem ficar, ou não, pior na campanha do Operário Ferroviário, que almeja o acesso para a elite do futebol brasileiro. O fato é que neste momento, o time do técnico Gerson Gusmão não consegue construir os resultados. Sobretudo, perdeu o seu maior bem neste Brasileirão, que era o de melhor mandante na competição. Daqui para frente, se quiser algo melhor e evitar o pior, terá que vencer fora de casa.

E isso é uma missão que vem atormentando o Alvinegro desde o início da competição. Até agora, o Fantasma conseguiu vencer apenas um jogo fora de Ponta Grossa, quando bateu o Criciúma, lá na 14ª rodada. Na ocasião, o time catarinense saiu na frente no primeiro tempo, com Daniel Costa, aos 41 minutos. Na segunda etapa, o Fantasma empatou logo no primeiro minuto, com Felipe Augusto, e virou aos 17, com Marcel, e foi só.

Mas, como também dizem que cada jogo é uma história, a expectativa continua para que as coisas voltem a dar certo para o Alvinegro de Vila Oficinas. O campeonato começa a afunilar e é o momento de o Fantasma mudar a sorte. E tudo pode começar neste que será mais um confronto regional diante do Londrina. Aliás, o Tubarão, que já sentiu o gostinho do G-4, também luta para voltar a subir na tabela. Portanto, a certeza de mais uma pedreira para o Operário Ferroviário, que precisa urgente voltar a balançar as redes e subir na tabela.

De boa notícia, o futebol paranaense terá seis participantes na Copa do Brasil de 2020. Com o título do Athletico na mesma competição, o Paraná ultrapassa Santa Catarina no ranking da CBF e tem quatro vagas diretas através do Campeonato Paranaense. Os clubes que ficaram com a vaga pelo estadual são Toledo (vice-campeão), Coritiba (3º colocado), Londrina (4º colocado) e o glorioso Operário Ferroviário (5º colocado).