Meus Escritos
Os Alicerces do Medo - Parte 1

Bom dia!

A todo o momento, notícias boas ou ruins chegam até nós. Os meios de comunicação, são especialistas neste assunto.

Muitos homens e mulheres, crianças, adolescentes, jovens e idosos, amedrontados pela insegurança reinante. Grades nas janelas, alarmes, cerca elétrica, animais ferozes, vigilância monitorada 24 horas por dia.

Nunca existiu tanta procura por seguros de carro, casa e inclusive da própria vida.

Então nos perguntamos: - O que é o medo?

Interessante, pois o mesmo não pode ser materializado, somente sentido. E é justamente isto, que mais perturba nós seres humanos.

É o contraste do bem e do mal, da paz ou guerra, da vida caminhando ao lado da morte, do comemorar as vitórias e superar as derrotas.

Devemos ter em mente, que Jesus jamais nos abandona. As pessoas, é quem esquecem dEle. O resultado deste mal entendido, é tudo o que vemos, ouvimos e sentimos, inclusive na própria pele.

Conta uma ilustração, sobre a grande tragédia do navio Titanic, o qual após colidir-se com um iceberg, afundou em águas geladas, matando centenas de pessoas, na qual um casal, ele era coronel, e no momento do desespero, tinham somente uma vaga no bote salva-vidas. Ele então mandou que sua esposa entrasse ali e salvasse a sua vida. Ela preferiu continuar no navio, junto do seu esposo amado, e ambos morreram afogados. Ela não deixou que circunstâncias adversas, tomassem o lugar do amor em seu coração.

Qual lição aprendemos com o caso acima?

Que mesmo em meio a lutas e catástrofes, jamais podemos abandonar aquilo que amamos, mesmo que a nossa existência esteja em risco.

Quantos de nós, quando a alegria mostra todas as suas faces, buscamos a Deus, frequentamos uma igreja, utilizamos a bíblia e praticamos a oração.

E quando as nuvens acinzentadas aproximam-se, trazendo turbulências, os vendavais do sofrimento e da dor, dos ganhos e das perdas, tudo então parece desmoronar em nossa própria porta.

Como o próprio Jesus disse:” - No mundo tereis aflições, tenham bom ânimo, pois eu venci o mundo”.

Após estas breves considerações, reveja as suas atitudes e enquanto ainda é tempo, busque de todo o seu coração, aquilo que Jesus reservou para ti e família. Faça isto hoje ainda, pois o amanhã pode não chegar mais.

No livro de Isaías, em seu capítulo 33, versículo 2, lemos o seguinte: “Senhor, tem misericórdia de nós; em ti temos esperado; se tu o nosso braço manhã após manhã e a nossa salvação no tempo da angústia”.

 

“Todo dia traz consigo a oportunidade de uma nova escalada.”

                                                                     (BERGSON)

Uma excelente quinta feira a vocês leitores e amigos(as).

Aquele abraço,

Emerson Pugsley