Visão Empresarial
Por que alguns profissionais erram na hora de se adaptar a um novo ambiente de trabalho?

Território

Um novo ambiente de trabalho, via de regra, impõe dois tipos de sentimentos antagônicos e, ao mesmo tempo, que promovem uma espécie de ansiedade no profissional. O primeiro deles é o sentimento de cuidado, ou seja, eu devo observar com cautela como funciona aquela empresa, mas por outro lado, também desperta a ânsia de querer mostrar a que veio. É uma espécie de comportamento de querer demarcar território, de provar para as pessoas a sua qualidade, o seu valor, a sua competência e às vezes isso acontece quando o profissional percebe que tem muito a colaborar.

 

*****

Ansiedade

Então, notemos que quanto maior a capacidade desse profissional de colaborar nessa realidade, maior tende a ser sua ansiedade de colocar aquilo em prática. A grande questão é que justamente essa ansiedade poderá afastá-lo do principal fator e garantir a sua permanência dentro da empresa que é a capacidade de se adaptar, a capacidade de entender onde está, como deve se comportar, qual a linguagem da empresa, quais são os costumes, qual é a cultura daquela organização, antes de querer fazer uma espécie de “Ctrl c + Ctrl v”, ou seja, copiar o que fazia em outra organização e colar literalmente, sem qualquer tipo de adaptação o que ele fazia na outra empresa, nesta nova organização.

 

*****

Regular

Resumindo, na hora de você iniciar um processo em uma nova organização, adaptabilidade, estar mais apto àquele ambiente é a palavra chave. Para isso você deve regular a ansiedade ainda que tenha a capacidade de oferecer muitas contribuições. Entenda que suas contribuições serão cada vez mais reconhecidas se forem apresentadas não apenas no momento certo, mas também da maneira correta.

 

Luciano Salamacha