Visão Empresarial
Por que é errado defender radicalmente aquilo que é certo?

Arrogância

Cada vez que eu comento com as pessoas que é radicalmente errado defender o que é certo, algumas pessoas não conseguem entender o que eu quero dizer. É errado defender radicalmente, pois quando eu ajo radicalmente significa que estou achando que sou dono da verdade e automaticamente excluo qualquer outro tipo de possibilidades de atitudes corretas se não for aquela que eu determinei. Ao agir assim, agimos com arrogância. O arrogante é aquele que roga para si o mérito, o louvor, a qualidade de ser o que sabe mais que os outros. Logo, toda pessoa radical é uma pessoa desprovida da flexibilidade necessária para entender o lado do outro.

*****

Dois lados

Voltamos à frase: é errado defender radicalmente o que é correto. Isso por um motivo muito simples, pois o que é correto para mim pode não ser correto para você, pode não ser correto para mais ninguém. Imaginemos uma situação. Quando uma empresa briga com outra empresa automaticamente numa briga, mesmo numa guerra entre dois países os dois lados acham que estão certos e o que é pior, pode ser que cada um deles tenha uma parte de razão, tenha uma parte de fundamento quando aquela situação é analisada sob o seu ângulo, sob o seu prisma.

*****

Compreensão

Por isso é muito importante que os profissionais entendam que radicalismo, principalmente em momentos como o que estamos vivendo hoje, em que as coisas estão sendo alteradas radicalmente por conta de uma pandemia é um péssimo hábito e que precisa ser mudado. Em vez do radicalismo temos de incorporar à nossa vida hoje a busca pela compreensão das atitudes dos outros. O entendimento flexível sobre o que leva as pessoas a agir de determinada maneira e depois cruzar com a nossa escala de valores como comentei ontem aqui para que não percamos a nossa personalidade. Resumindo, preste atenção! É errado defender radicalmente o que é certo ainda que você radicalmente não concorde com isso. Pense nisso! Para a coluna Visão Empresarial

 

Luciano Salamacha