Mercado de trabalho e emprego
Recrutamento e Seleção:  porque os estagiários são valorizados?

 

A dificuldade para a entrada no mercado de trabalho é muito comum, para jovens e adultos que estão em fase final de formação ou recém formados. Isso ocorre, devido à falta de experiência corporativa destes candidatos, fazendo com a avaliação do seu currículo não seja expressiva.

Nos últimos anos, o Brasil teve um aumento significativo no volume de instituições de formação superior, proporcionando o aumento da qualificação técnica da população. Consequentemente, o número de concorrentes habilitados tornou-se significativo, dificultando a entrada de profissionais sem experiência no mercado de trabalho. Outra questão que pode ser considerada é o momento econômico, o qual exige das empresas a redução de custos e aumento da qualificação dos profissionais a serem contratados.

Visando minimizar este impacto, alunos em período de formação superior, devem buscar oportunidades de estágio profissional assim que possível. Valorizados por empresas e recrutadores, profissionais que passam ou passaram por um período de estágio, estarão familiarizados com o ambiente corporativo, suas exigências e apresentam conhecimentos básicos relacionados as oportunidades oferecidas.

Além disso, com o desempenho adequado durante o período de estágio, as possibilidades de efetivação tornam-se reais. Para a empresa contratante, exaltar o bom desempenho de um estagiário, torna-se mais eficiente do que contratar um profissional recém formado (sem experiência).

Conquistar uma oportunidade de estágio nem sempre é fácil, mesmo assim, estudantes em período de formação superior, devem estar atendo ao seu ingresso no mercado de trabalho, desde o início de sua formação. Muitas vezes, a entrada e evolução de um profissional no mercado de trabalho, parte do período de estágio realizado durante sua graduação.

Marcos Henrique Martinez, proprietário da empresa B&M Consultoria

www.bmgestao.com