Meus Escritos
Santo Individualismo

Bom dia!

Lembro do tempo, em que as pessoas, conversavam mais, olhando cara a cara. Ou que as famílias, reuniam-se, para falar dos diferentes assuntos, cada qual, com a sua opinião. Lembro também, dos pontos de ônibus, com aqueles papos e notícias do dia na cidade, no país e no mundo. Lembro dos sorrisos e choros, das gargalhadas e das piadas. Lembro dos casais de namorados, contando as suas vantagens e promessas de "amor eterno". Lembro das mesas de restaurantes, onde ouvíamos, aquele bate papo gostoso, do almoço de domingo. Lembro do tempo, em que o rádio, ocupava o seu lugar de destaque, nas casas. Lembro também, das igrejas lotadas, para o culto de domingo. Nossa, quantas lembranças, surgem em nossa mente. Pena que nos dias atuais, são apenas nostálgicas recordações. Com a chegada, das modernas tecnologias coletivas e individuais, chegamos a bizarra cena, de vermos um casal sentado junto, e conversando apenas pelo smartphone. Ou famílias reunidas, cada qual, com o seu computador portátil. Ou então, pessoas deixando de ir a igreja, e assistindo aos cultos pela internet. Nada contra, mas em todas estas situações, onde fica a comunhão com o próximo? Costumo andar de ônibus, e onde antes, tínhamos histórias interessantes, hoje temos pessoas "vidradas", na tela do celular. Estamos, conectados com o mundo inteiro, na palma das mãos, e esquecemos do nosso vizinho. Isto é bom ou ruim? A resposta, pode estar também na palma de suas mãos. Lógico, que não estou falando dos tempos da pandemia, quando muitas destas atitudes ficaram "normais".

 

"O individualismo gera egoísmo, e o egoísmo gera falta de amigos."

                                                                           (Manuella Zapff)

 

Uma ótima sexta feliz feira a vocês leitores e amigos(as).

Grande abraço,

Emerson Pugsley