Toque de Letra
Só o tempo tem a resposta

A pandemia do novo coronavírus vem transformando a rotina das pessoas e negócios no mundo inteiro e também gerando muita polêmica e política. A gravidade da doença atinge diretamente o universo financeiro e isso parece estar deixando tudo de cabeça para baixo. De fato, é uma situação inédita, inclusive pelo confinamento. Na área esportiva, como em todas as outras a paralisação das atividades vem causando um colapso geral. Acima de tudo, ninguém sabe ao certo quando tudo isso vai acabar.

Esta semana o presidente Jair Bolsonaro pediu para que o comércio volte a abrir as portas, tendo em vista o fator econômico. Segundo o presidente, tomando os devidos cuidados necessários, é possível voltar às atividades e assim tentar evitar a falência de empresas e o desemprego em massa. A partir disso, se apresenta uma situação onde se busca um equilíbrio para evitar a desgraça econômica dos brasileiros e ao mesmo tempo brecar o avanço da pandemia.

Nessa situação de se ficar o bicho come e se correr o bicho pega, ninguém sabe ao certo o que deve ser feito. O presidente do Operário Ferroviário, Álvaro Góes, que também é empresário, está no olho do furacão. De acordo com o dirigente, a economia precisa voltar ao normal, mas também não se pode fragilizar nas medidas de proteção contra o vírus e isso atinge direto as competições e tudo mais.

Portanto, este é o desastroso cenário que se apresenta nesses dias e é preciso consenso. A torcida ,mais do que nunca, é para que tudo volte ao normal o mais rápido possível. A única certeza mesmo é de que só o tempo dará a resposta.