Toque de Letra
Todo mundo de olho no calendário

O novo coronavírus virou de cabeça para baixo o mundo esportivo, além dos outros segmentos da sociedade em geral. Mais especificamente o futebol está perdido e não sabe o que fazer com seus calendários, a não ser ficar na expectativa de quando a pandemia vier a acabar. Nesse espaço de tempo da quarentena, todo tipo de especulação segue na pauta do dia.

A mais debatida fica por conta do reinício dos campeonatos, no caso tupiniquim, falta a definição dos campeonatos estaduais. Alguns pedem o encerramento como ficaram no momento da paralisação e outros precisam da continuidade para poder sobreviver. Todas as questões são complexas porque existem vários interesses diferentes em jogo.

Nesse ritmo, a CBF estabeleceu alguns prazos na tentativa de reorganizar o certame, adequando férias até o próximo dia 20 para os elencos que disputam o nacional. Em seguida um período de dez dias para que os times possam recuperar as condições mínimas de disputa. Assim a ideia seria que os estaduais retomassem os jogos no mês de maio. Mas o fato é que a pandemia é quem está no comando e precisa ser extinta para que a vida volte ao normal.

O presidente da Federação Paranaense de Futebol, Hélio Cury, mantém o discurso de que ainda não há nenhuma data para o reinício do Campeonato Paranaense, que parou antes do início das quartas de final, onde o Fantasma tem como adversário o Cianorte, em jogos de ida e volta. Porém, existe uma expectativa de que os duelos aconteçam conforme o plano da CBF.

Enfim, ninguém pode afirmar coisa alguma ainda, apenas que é preciso ficar atento às medidas de prevenção contra o coronavírus. Desta forma, segue o período de dúvidas e também as especulações.