Toque de Letra
Vem aí o América Mineiro no mata-mata

Enfim, a locomotiva começa a ganhar velocidade na campanha do Operário Ferroviário nesta temporada 2020. A classificação para a segunda fase da Copa do Brasil, mesmo diante do então desconhecido Barbalha, serviu de motivação para o Fantasma, tanto dentro de campo, como para os cofres alvinegros. Com a missão cumprida com um placar de 3 a 0 no Ceará, o Alvinegro de Vila Oficinas já tem depositado na conta mais um milhão, cento e noventa reais.

O próximo desafio no mata-mata nacional será a perigosa equipe do América Mineiro na quarta-feira do dia 19,  às 21h30 no estádio Germano Krüger. Trata-se de um conhecido do time alvinegro, na disputa do Brasileirão da Série B na última temporada. Foi a primeira vez que ambos se enfrentaram na história, nos confrontos pelos dois turnos da competição. O Fantasma saiu invicto do embate, com uma vitória por 1 a 0 no Germano Krüger e depois um empate sem gols em Belo Horizonte.

Entrando na filosofia de jogo proposta pelo técnico Gerson Gusmão, que vem utilizando três atacantes, os destaques do time começam a aparecer. São eles o goleador Douglas Coutinho e também a qualidade do Bustamante, assim como todo restante do time que vem sendo escalado, que se mostra melhor tecnicamente do que as equipes anteriores do Fantasma. O goleiro André Luiz, que estava afastado por contusão, voltou e vem mostrando segurança.

Neste domingo tem o Campeonato Paranaense e o Fantasma pretende assombrar o PSTC, que segura a lanterna da competição, sem nenhum ponto ganho em cinco rodadas até agora. Mas todo cuidado é pouco, mesmo com todo favoritismo do Operário Ferroviário. Se não entrar em campo concentrado, a zebra pode aparecer e isso não é novidade nenhuma no futebol.